Pular para o conteúdo principal
Notícias

Tudo que você precisa saber sobre o novo campeão dos médios: Israel Adesanya

Aos 30 anos, o nigeriano que adotou a Nova Zelândia como sua casa ainda quando criança nocauteou o ex-campeão Robert Whittaker no segundo round e tornou-se o principal lutador da categoria

O UFC 243, neste sábado (5), coroou um novo campeão linear dos médios: o ex-campeão interino Israel Adesanya. Aos 30 anos, o nigeriano que adotou a Nova Zelândia como sua casa ainda quando criança nocauteou o ex-campeão Robert Whittaker no segundo round e tornou-se o principal lutador da categoria. Listamos sete fatos importantes que você precisa saber sobre o novo Rei dos médios. 

Foi um nocaute arrasador que rendeu a Israel Adesanya o cinturão do peso-médio. Veja como isso aconteceu e como o novo campeão avalia a sua performance na luta principal do UFC 243


O nigeriano neozelandês

Não estranhe quando alguém falar que Adesanya é o nigeriano mais famoso na Nova Zelândia. Isso porque ele nasceu em Lagos, na Nigéria, mas foi morar em território neozelandês quando ainda era criança. E foi lá que ele deu o pontapé inicial na sua carreira de lutador, treinando kickboxing na adolescência. Quem já o assistiu no Octógono percebe que a trocação é a sua arma forte, uma vez que ele começou competindo em torneios da modalidade. 

Vai uma dança aí?

Vários lutadores de boxe falam que o balé pode ensinar muito: como o movimento das pernas ou a sentir dor ao ficar de ponta de pé e continuar com o sorriso no rosto. Não sabemos se Adesanya começou a dançar por algum desses motivos, mas o fato é que o novo campeão dos médios também dar show quando a música começa a tocar. Ele sempre mostra o seu gingado depois das lutas, mas no UFC 243 ele caprichou e teve uma entrada especial. 

Estreia no MMA

Não faz muito o tempo, o Brasil já era pentacampeão de futebol quando Adesanya estreou no MMA profissional. Em 2012, ele nocauteou James Griffithsem sua primeira luta e depois engatilhou dez nocautes seguidos. Sua estreia no UFC aconteceu seis anos depois, quando ele venceu Rob Wilkinson por nocaute e disse. "Sou o novo cão do parque e acabei de marcar território no cage". 

Israel Adesanya deu show, nocauteou Robert Whittaker na luta principal do #UFC243 e se tornou o novo campeão dos médios. Confira o que os dois lutadores disse logo após o duelo.

Brasil

7 lutas em menos de 2 anos

O título não veio sem muito suor, foram sete lutas em menos de dois anos. Depois de quatro vitórias no Octógono, em 2019, Adesanya foi escalado para enfrentar ninguém menos que o ex-campeão e um ídolo seu de infância Anderson Silva. Muitos falaram que seriam um duelo de clones, outros que seria o momento perfeito para um showman passar a tocha para outro showman seguir dando show no Octógono. Fato é que a luta durou três rounds de muita trocação e Adesanya venceu por decisão dos juízes. 

Campeão interino

Vencer um ídolo e ex-campeão como Anderson Silva já seria um título e tanto, mas Israel Adesanya continuou subindo degraus em busca dos seus sonhos. Em abril de 2019, ele pisou no Octógono para enfrentar Kelvin Gastelum, um wrestler feroz e com um poder de nocaute impressionante. Foi um show. Adesanya mostrou que não sente pressão quando está de luvas, dançou no caminho para a luta, deu diversos knockdowns no adversário, venceu por decisão unânime dos juízes e conquistou o título interino.

O 'cão' campeão

As últimas vitórias não deixavam dúvidas que Israel Adesanya precisava disputar o cinturão contra o campeão Robert Whittaker. O campeão interino disse diversas vezes que nocautearia o adversário e que era melhor ele nem enfrentá-lo. Na noite deste sábado (5), Adesanya mostrou que estava certo: o cão que marcou território no UFC 221, em 2018, foi superior na trocação e nocauteou Whittaker no segundo round. Não há dúvida: o novo Rei do peso médio é Israel Adesanya. 

Nova rivalidade

O que seria das lutas sem as rivalidades, certo? Antes mesmo de conquistar o título, Adesanya já trocava mensagens pouco amistosas contra o brasileiro Paulo Borrachinha, que fez questão de viajar até a Austrália para ver de perto a luta principal do UFC 243. Logo depois de conquistar o título, o novo campeão deixou claro que ele deseja enfrentar na próxima vez que pisar no Octógono: "Você sabe quem é o próximo. Esse Borrachinha. Não gosto desse cara. Quero reorganizar a cara dele". Quem será que vence o duelo de invictos: Israel Adesanya (18-0) ou Paulo Borrachinha (13-0)?