Pular para o conteúdo principal

UFC 125: Edgar e Maynard empatam em luta alucinante

       Os compatriotas Edgard e Maynard travaram emocionante duelo que terminou empatado após cinco rounds    ·        Na categoria meio-pesada, o brasileiro Thiago Silva mostrou-se recuperado da lesão e da última derrota ao vencer o confronto contra o americano BrandonVera    ·       Pelo card preliminar, o gaúcho Diego Nunes (ex-WEC) venceu o americano Mike Brown em sua estreia no UFC  

O ano começou eletrizante no mundo do MMA! Na madrugada deste sábado (01/01), o Ultimate Fighting Championship realizou no MGM Grand Arena, em Las Vegas, o UFC 125, e o primeiro evento do ano teve noite feliz para os brasileiros Thiago Silva e Diego Nunes, além de emocionante luta no principal confronto da noite entre os compatriotas Frankie Edgar e Gray Maynard. Após os cinco rounds, os jurados decidiram pelo empate e o cinturão da categoria leve continua sobre a "guarda" de Edgar, enquanto Maynard continua com sua invencibilidade.  
  Uma das revanches mais esperadas do ano, a principal luta da noite não decepcionou os fãs do MMA. Com pouco mais de 1 min e 30s de combate Maynard, único lutador que já venceu Edgar, dava seu "cartão de visitas" para o detentor do cinturão. Após troca de socos com a luta em pé, o desafiante acertou um cruzado de esquerda que levou o atual campeão ao chão. Depois disso, Edgar demonstrou enorme garra ao resistir ao massacre aplicado por seu adversário. Com o término do primeiro round, veio o descanso de 1 min, o que fez com que voltasse de forma diferente para o restante da luta.    Nos rounds subsequentes, o confronto se mostrou muito igual, mas com Edgar levando leve vantagem na troca de golpes em pé. Ficou claro também o melhor preparo físico do atual campeão, que não demonstrava tanto cansaço quanto seu compatriota. Depois de cinco rounds, os jurados optaram pelo empate. Sendo assim, o cinturão permanece tutela de Frank Edgar e Gray Maynard continua com sua invencibilidade.     Brasileiros entram em 2011 com vitórias   Em luta válida pela categoria meio-pesada, o paulista Thiago Silva não tomou conhecimento do americano Brandon Vera. A luta começou com os dois lutadores buscando o resultado, e não podia ser diferente, já que ambos vinham de derrota em seus últimos confrontos. Antes da luta, o brasileiro afirmava que poderia enfrentar Vera tanto no chão quanto na luta em pé, mas após sentir a grande variedade de golpes do americano, que é oriundo do MuayThai, Thiago adotou a tática de levar a luta para o chão. Deu certo. Com a luta no solo, o paulista dominou o combate desferindo pesados socos e cotoveladas contra o americano e, após o término dos três rounds, foi declarado vencedor em decisão unânime dos jurados.      Antigo lutador do WEC (World Extreme Cagefighting), o brasileiro Diego Nunes venceu em sua estreia no UFC pela categoria pena. Em luta válida pelo card preliminar do evento, o gaúcho venceu o americano Mike Brown após os três rounds em decisão dividida dos juízes.    Card principal    Frankie Edgar empatou com Gray Maynard  Brian Stann venceu Chris Leben por KOThiago Silva venceu Brandon Vera  por decisão unânimeDong Hyun Kim venceu Nate Diaz por decisão unânime Clay Guida venceu TakanoriGomi por finalização (guilhotina)  Card preliminarJeremy Stephens venceu Marcus Davis por KODustin Poirier venceu Josh Grispi  por decisão unânimeBrad Tavares venceu Phil Baroni  por TKODiego Nunes venceu Mike Brown por decisão dividaDaniel Roberts venceu Greg Soto por finalização (kimura)  Jacob Volkmann venceu AntonioMcKee por decisão dividida