Pular para o conteúdo principal

UFC 181: Lawler é o novo campeão meio-médio; Pettis mantém o cinturão dos leves

Desafiante conquistou o título por decisão dividida, enquanto “Showtime” finalizou Gilbert Melendez no segundo round

Robbie Lawler é o novo campeão dos meio-médios do Ultimate. O lutador venceu Johny Hendricks, no evento principal do UFC 181, por decisão dividida (48-47, 47-48, 49-46) e levou o cinturão para casa após mais uma batalha acirrada no octógono. A luta marcou a revanche entre ambos, quando Hendricks venceu o primeiro duelo no UFC 171, oito meses atrás, por decisão unânime, e ficou com o título vago da categoria deixado por Georges St-Pierre.

Em um duelo marcado pela estratégia e pelo equilíbrio, os dois atletas traçaram planos bem diferentes. Lawler tentou pressionar na trocação nos primeiros instantes da luta, enquanto o ex-campeão queria colocar em prática seu jogo de wrestling na grade. Hendricks mudou a estratégia e passou a usar mais o jogo em pé, especialmente os chutes baixos, no segundo e no terceiro rounds. Nos dois períodos finais, ele voltou a tentar derrubar Lawler, enquanto o desafiante aproveitava as investidas para aplicar golpes na cabeça de Hendricks. O ex-campeão ainda foi surpreendido com uma blitz de socos e chutes nos segundos finais do combate, que deixaram seu rosto bem machucado. O resultado, novamente, gerou debates entre fãs e especialistas.

- Confira o perfil de Johny Hendricks

- Confira o perfil de Robbie Lawler

Na disputa pelo cinturão dos pesos-leves, Anthony Pettis venceu Gilbert Melendez com uma guilhotina no segundo round e manteve o título da categoria. O desafiante conseguiu pressionar o campeão na grade durante boa parte do combate, mas sentiu um dos golpes de Pettis e acabou deixando seu pescoço exposto, que rapidamente foi agarrado. Essa é a primeira luta de Pettis desde que ele conquistou seu cinturão, em agosto de 2013, quando derrotou o ex-campeão Ben Henderson.

- Confira o perfil de Anthony Pettis

- Confira o perfil de Gilbert Melendez

A primeira luta do card principal foi entre os pesos-leves Tony Ferguson e Abel Trujillo. Os atletas fizeram um combate bem movimentado, com Trujillo conseguindo um knockdown no primeiro round, mas Ferguson se recuperou e equilibrou as ações. No segundo período, “El Cucuy” derrubou Trujillo e encaixou um mata-leão, obrigando o adversário a desistir do combate. Esta é a quarta vitória consecutiva de Ferguson, enquanto Trujillo voltou a perder depois de nocautear seus dois últimos oponentes.

- Confira o perfil de Tony Ferguson

- Confira o perfil de Abrel Trujillo

No primeiro duelo entre pesos-pesados da noite, Todd Duffee nocauteou Anthony Hamilton logo no início do combate, marcando sua volta ao octógono após dois anos afastado por lesões. Os atletas começaram a luta se estudando, mas logo partiram para a trocação, quando Duffee acertou um cruzado de direita avassalador e terminou com o combate com apenas 35 segundos.

- Confira o perfil de Todd Duffee

- Confira o perfil de Anthony Hamilton

Já no outro combate envolvendo pesos-pesados, Travis Browne confirmou seu favoritismo e venceu Brendan Schaub por nocaute técnico no primeiro round. O lutador conseguiu um knockdown e ficou por cima do adversário, que não conseguia reagir aos socos aplicados por ele, obrigando o árbitro Mário Yamasaki a interromper o combate.

- Confira o perfil de Travis Browne

- Confira o perfil de Brendan Schaub

UFC 181, 6 de dezembro, Las Vegas

Card Principal
Robbie Lawler venceu Johny Hendricks por decisão dividida (48-47, 47-48, 49-46)
Anthony Pettis venceu Gilbert Melendez por finalização (guilhotina) no segundo round
Travis Browne venceu Brendan Schaub por nocaute técnico (socos) no primeiro round
Todd Duffe venceu Anthony Hamilton por nocaute (socos) no primeiro round
Tony Ferguson venceu Abel Trujillo por finalização (mata-leão) no segundo round

Card Preliminar
Urijah Faber venceu Francisco Rivera por finalização (estrangulamento) no segundo round
Josh Samman venceu Eddie Gordon por nocaute (chute na cabeça) no primeiro round
Corey Anderson venceu Justin Jones por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26)
Raquel Pennington venceu Ashlee Evans-Smith por finalização (estrangulamento) no primeiro round
Sergio Pettis venceu Matt Hobar por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Clay Collard venceu Alex White por decisão unânime (triplo 29-28)