Pular para o conteúdo principal
Islam Makhachev comemora no Octógono após a vitória sobre Dustin Poirier no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Resultados

Resultados Finais | UFC 302: Makhachev x Poirier

Islam Makhachev defende cinturão com finalização sobre Dustin Poirier; Jailton Almeida e André Lima também vencem

O campeão peso-leve Islam Makhachev fez sua terceira defesa de cinturão ao finalizar Dustin Poirier no 5º round da luta principal do UFC 302, no último sábado (1º) em Newark, nos Estados Unidos. O evento teve ainda as vitórias dos brasileiros Jailton "Malhadinho" Almeida e André "Mascote" Lima. Confira abaixo todos os resultados. | Reveja no UFC Fight Pass

Resultados | UFC 302: Makhachev x Poirier

Card Principal

Card Preliminar

Islam Makhachev finaliza Dustin Poirier no 5º round

Islam Makhachev encaixa triângulo de mão em Dustin Poirier no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Islam Makhachev encaixa triângulo de mão em Dustin Poirier no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Em um duelo eletrizante, que levantou o público no Prudential Center e faturou o bônus de Luta da Noite do UFC 302, o campeão Islam Makhachev precisou mostrar por que é o atual número um peso por peso do Ultimate para vencer o duríssimo Dustin Poirier e defender pela terceira vez seu cinturão do peso-leve.

Islam dominou o confronto controlando o desafiante no chão durante grande parte da primeira parcial, indo às costas e buscando encerrar o embate com um mata-leão. Mas Poirier evitou boa parte das investidas do russo a partir do segundo assalto e ofereceu perigo na luta em pé.

Makhachev provou que sua trocação não deve ser menosprezada, conectando ótimos golpes na curta distância, testando a já conhecida resiliência de Poirier, que, por sua vez, se defendeu muito bem todas as vezes em que foi ao chão, evitando a finalização e conseguindo boas reversões para voltar à luta em pé.

No último assalto, com ambos atletas já desgastados e bastante avariados, Makhachev insistiu em uma tentativa de queda no centro do Octógono, fez rápida transição e encaixou um triângulo de mão, obrigando o desafiante a desistir e conquistando sua 14ª vitória consecutiva no Ultimate - ultrapassando inclusive seu mentor Khabib Nurmagomedov, que somou 13 triunfos em sequência.


Sean Strickland vence Paulo "Borrachinha" Costa por decisão dividida

Sean Strickland conecta chute alto em Paulo Costa no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Sean Strickland conecta chute alto em Paulo Costa no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Em seu primeiro compromisso após perder o cinturão dos médios, Sean Strickland se recuperou e bateu Paulo Borrachinha na decisão dividida dos juízes.

Na luta co-principal do UFC 302, o norte-americano usou a sua tradicional estratégia de ser agressivo e andar para frente durante todo o tempo, o que deixou o brasileiro desconfortável durante a maior parte do combate. O antigo dono do cinturão conseguiu anular o ex-desafiante com uma atuação segura e contundente, conectando mais golpes ao longo de todo o duelo. 

Atual número um do ranking até 84 Kg, Strickland se mantém como um possível postulante ao título e agora aguarda o desenrolar da categoria sonhando com uma nova oportunidade de lutar pelo cinturão. 

Kevin Holland finaliza Michal Oleksiejczuk no 1º round

Kevin Holland aplica chave de braço em Michal Oleksiejczuk no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Kevin Holland aplica chave de braço em Michal Oleksiejczuk no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

O veterano Kevin Holland finalizou Michal Oleksiejczuk no 1º round e anotou sua 13ª vitória como atleta do Ultimate. 

Logo no primeiro minuto de luta, Oleksiejczuk conectou um golpe que derrubou Holland e foi ao chão tentar liquidar a fatura. Rapidamente, o norte-americano fez a transição e pegou o braço do polonês, que resistiu e não quis bater em desistência. Ao perceber que a integridade física do europeu estava sendo arriscada, o árbitro resolveu interromper o confronto e decretar o triunfo do “Trailblazer”. 

Vindo de dois reveses consecutivos, Holland se recupera na organização, retorna à coluna das vitórias e garante sua manutenção no ranking da divisão dos meio-médios.

Niko Price vence Alex Morono por decisão unânime

Niko Price desfere chute no rosto de Alex Morono no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Niko Price desfere chute no rosto de Alex Morono no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Em duelo pela divisão dos meio-médios, Niko Price derrotou Alex Morono por pontos e voltou a vencer na organização.

O combate transcorreu em pé durante praticamente todo o tempo, com o “Hybrid” entregando uma atuação segura, tomando controle da distância, deixando o seu adversário pressionado contra a grade e trabalhando bem as combinações de socos e chutes baixos.  

Ao fim dos 15 minutos, Niko foi declarado vencedor após a abertura das papeletas dos juízes e voltou a vencer um compromisso na companhia, o que não acontecia desde outubro de 2021.

Randy Brown vence Elizeu "Capoeira" por decisão unânime

Randy Brown conecta joelhada em Elizeu Zaleski dos Santos no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Randy Brown conecta joelhada em Elizeu Zaleski dos Santos no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Na abertura do card principal, Randy Brown consolidou o seu bom momento no Ultimate ao bater Elizeu “Capoeira” na decisão unânime dos juízes e conquistar sua terceira vitória consecutiva. 

A estratégia do “Rudeboy” durante o confronto foi manter a luta na longa distância, para poder usufruir da sua envergadura, castigar o brasileiro com os chutes baixos e as combinações de socos, além de evitar o jogo de luta agarrada do seu rival. 

Apesar do susto sofrido no 2º round, quando Elizeu chegou a encaixar um mata-leão e ficar bem perto de encerrar o confronto, Randy conseguiu suportar o ímpeto e retomar com sua tática para a última parcial e aguardar a confirmação da vitória após a abertura das papeletas dos juízes.

Roman Kopylov vence Cesar Almeida por decisão dividida

Roman Kopylov golpeia Cesar Almeida no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Roman Kopylov golpeia Cesar Almeida no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Encerrando o card preliminar do UFC 302, Cesar Almeida foi derrotado por Roman Kopylov na decisão dividida dos juízes e sofreu seu primeiro resultado negativo na organização. 

Após estrear no Octógono com um nocaute sobre Dylan Budka, o brasileiro sofreu com o jogo de luta agarrada e as quedas do russo que fugiu de sua característica principal e soube atuar com inteligência para conquistar um importante triunfo por pontos. 

O peso-médio europeu se recupera do revés sofrido em sua última apresentação e volta à coluna das vitórias, mantendo um bom retrospecto de cinco triunfos em seus últimos seis compromissos.

Jailton Almeida encaixa mata-leão em Alexandr Romanov no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Jailton Almeida encaixa mata-leão em Alexandr Romanov no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Jaílton “Malhadinho” está de volta! Depois da dura derrota sofrida para Curtis Blaydes no último mês de março, o brasileiro se redimiu com uma rápida finalização sobre Alexandr Romanov ainda no 1º round.

Desde os primeiros segundos de confronto, o peso-pesado deixou claro que não mudaria sua tradicional estratégia: entrou nas pernas do moldavo, teve paciência para buscar as costas e encaixou um rápido mata-leão forçando o seu rival a bater em desistência. 

Com sete triunfos em oito compromissos no Ultimate, “Malhadinho” se mantém no Top 10 da divisão até 120 Kg e volta a sonhar com um duelo pelo cinturão em um futuro próximo.


Grant Dawson vence Joe Solecki por decisão unânime

Grant Dawson aplica ground and pound em Joe Solecki no UFC 302, em junho de 2024. (Luke Hales/Getty Images)
Grant Dawson aplica ground and pound em Joe Solecki no UFC 302, em junho de 2024. (Luke Hales/Getty Images)

Após o nocaute sofrido para Bobby Green em sua última luta, Grant Dawson se recuperou no Ultimate e venceu Joe Solecki na decisão unânime dos juízes. 

Desde o começo do confronto, “KGD” deixou claro a sua estratégia: derrubar o seu rival e mantê-lo preso ao solo usando os socos e cotoveladas no ground and pound. Sem o seu adversário oferecer muita resistência, o norte-americano usou a mesma estratégia segura durante os 15 minutos do combate e foi declarado vitorioso após a abertura das papeletas dos juízes. 

O revés marcou o segundo resultado negativo em sequência de Solecki e coloca Dawson de volta ao caminho do Top 15 no peso-leve.

Jake Matthews vence Philip Rowe por decisão unânime

Jake Matthews golpeia Philip Rowe no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Jake Matthews golpeia Philip Rowe no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Seguindo com o card preliminar do UFC 302, Jake Matthews venceu Phil Rowe na decisão unânime dos juízes, voltando à coluna das vitórias na divisão dos meio-médios.

Nos dois primeiros rounds, os dois atletas buscaram a trocação com o australiano levando vantagem na curta distância e o norte-americano se saindo melhor quando trabalhava usando a sua envergadura. Na terceira parcial, os lutadores decidiram ir para o solo e protagonizaram um festival de transições e algumas tentativas de finalizações, porém, sem muita efetividade. 

Ao fim do combate, O “Celtic Kid” foi declarado vencedor de forma unânime e impôs a segunda derrota consecutiva ao rival.

Bassil Hafez vence Mickey Gall por decisão unânime

Bassil Hafez conecta soco em Mickey Gall no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Bassil Hafez conecta soco em Mickey Gall no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Após ser derrotado em sua estreia no Ultimate, Bassil Hafez subiu ao Octógono em Nova Jersey e entregou uma grande atuação diante de Mickey Gall, conquistando a sua primeira vitória na companhia.

O “Habibi” mostrou muita velocidade e potência nos golpes para se impor sobre o seu adversário durante o confronto. Com muita agressividade e com o controle da distância, o atleta do peso meio-médio deixou o seu rival desconfortável com a pressão imposta e com a chuva de socos pesados que conectavam a todo momento.

Depois de 15 minutos de uma intensa batalha, Hafez foi declarado vencedor após a abertura das papeletas dos juízes, conquistando o nono triunfo de sua carreira.

Ailin Perez vence Joselyne Edwards por decisão unânime

Ailin Perez conecta chute na linha de cintura de Joselyne Edwards no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Ailin Perez conecta chute na linha de cintura de Joselyne Edwards no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Em confronto válido pela divisão peso-galo, Ailin Perez se mostrou mais contundente do que Joselyne Edwards e venceu o seu terceiro duelo consecutivo no Octógono.

Durante o combate, a argentina soube controlar o ímpeto da sua rival em buscar luta agarrada, com boas defesas e excelentes transições nas vezes em que foi quedada. Um knockdown aplicado com soco giratório no segundo round também ajudou “Fiona” a convencer os jurados de sua superioridade.

Ao fim dos 15 minutos, Perez foi declarada vencedora na decisão unânime dos juízes, dando mais um passo importante rumo ao Top 15 dos 61 Kg.

André Lima vence Mitch Raposo por decisão dividida

André Lima desfere soco em Mitch Raposo no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
André Lima desfere soco em Mitch Raposo no UFC 302, em junho de 2024. (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

No duelo que abriu o UFC 302, André Lima derrotou Mitch Raposo na decisão dividida dos juízes e emendou a sua segunda vitória consecutiva na organização. 

O confronto transcorreu em pé durante praticamente os 15 minutos, com o “Mascote” tomando o controle da distância e usando bastante os chutes baixos. O norte-americano encontrava dificuldades para achar o tempo ideal para os seus golpes e viu a maior parte de suas tentativas de quedas serem defendidas pelo brasileiro. 

Com o resultado positivo, André se mantém invicto como profissional de MMA, agora com o cartel de nove triunfos seguidos.

O UFC 302: Makhachev x Poirier foi um evento realizado em 1º de junho de 2024. Confira aqui a cobertura completa e reveja todas as lutas no UFC Fight Pass.

News and announcements

View all