Pular para o conteúdo principal

UFC Boise: Fatos que entraram para a história

Volta de Cigano, estreia de luxo e mais; confira o que rolou de melhor no evento do último sábado (14)

O UFC Boise trouxe grandes acontecimentos para os fãs de MMA na noite do último sábado (14): vitória de Junior Cigano, nocaute de estreante e depoimentos emocionantes. Estes são alguns dos melhores momentos:

Mais UFC Boise: Cigano vence luta duraRaoni Barcelos nocauteia em sua estreiaBônus da Noite

 
Redenção em uma grande batalha. ⠀ @Junior_Cigano venceu no #UFCBoise e dedicou o triunfo ao filho, Bento. Parabéns!
Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em 14 de Jul, 2018 às 10:32 PDT

Redenção

Junior Cigano estava há mais de um ano afastado do octógono, mas o brasileiro mostrou que não sentiu a falta de ritmo e fez uma luta segura contra o búlgaro Blagoy Ivanov. Cigano utilizou bem o seu boxe, evitou a pressão do rival e gabaritou sua 13º vitória em 17 lutas no UFC.

 
Os vários estágios da emoção de nocautear em sua estreia no #UFC. Parabéns, @RaoniBarcelos #UFCBoise
Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em 14 de Jul, 2018 às 5:49 PDT

Estreia espetacular

Raoni Barcelos demorou para chegar ao UFC, mas o ex-campeão do RFA mostrou que está maduro para ser uma grande estrela após sua brilhante estreia. O brasileiro acertou uma sequência de cruzados que deixaram Kurt Holobaugh completamente desnorteado e finalizou o duelo com um uppercut potente, que lhe rendeu um dos bônus da noite. O próximo passo? Para o atleta é simples: lutar em São Paulo.

 
Ele voltou com tudo! @ChadMendes #UFCBoise
Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em 14 de Jul, 2018 às 8:04 PDT

Volta triunfante

Chad Mendes tinha muito a provar depois de dois anos e meio parado. Tido como um dos principais nomes entre os penas, ele teve pela frente Myles Jury, um grande desafio para qualquer lutador da categoria. Mendes, porém, mostrou o motivo de ser diferenciado e deu números finais ao duelo com um nocaute técnico, conquistando sua sexta vitória na organização desta maneira.

 
A emoção e o alívio de @AlphaCatZingano, que venceu no #UFCBoise e de quebra empatou Ronda Rousey no recorde de quedas aplicadas em uma luta no peso-galo feminino do #UFC.
Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em 14 de Jul, 2018 às 7:52 PDT

O recorde de Zingano

Sem vencer desde 2014, Cat Zingano sabia que uma vitória contra Marion Reneau era crucial para se manter nos holofotes do peso-galo feminino. Usando toda a sua experiência no wrestling, "Alpha" minou qualquer tentativa de Reneau de desenvolver sua estratégia, conseguindo colocar a rival no chão por seis vezes durante o duelo - empatando com Ronda Rousey como o maior número de quedas aplicadas em uma mesma luta dentro da categoria. Depois da missão cumprida, foi a hora de ir às lagrimas na entrevista, emocionando a todos os presentes na arena.

 
QUE NOCAUTE FOI ESSE, @hybridufc ? #UFCBoise
Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em 14 de Jul, 2018 às 8:48 PDT

Nocaute absurdo

Que Niko Price dá show quando sobe no octógono nós já sabemos, mas ainda sobra espaço para o meio-médio nos surpreender. Contra Randy Brown, ele conseguiu um dos nocautes mais diferenciados na história da organização, acertando o rosto do rival com marteladas enquanto estava por baixo. Esse foi o segundo nocaute dessa maneira na história do UFC, sendo o primeiro sendo a pedalada de Jon Fitch no brasileiro Thiago Pitbull.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube