Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

UFC Long Island: Fatos que entraram para a história

Evento teve finalização de Weidman, nocautes de Cowboy e Albini e muito mais

Mais um UFC foi para a conta! Long Island registrou a recuperação do ex-campeão dos médios Chris Weidman e a aparição de uma nova promessa brasileira nos pesos-pesados. Confira os melhores lances do UFC ong Island nas próximas linhas.

Mais UFC Long Island: Weidman finaliza Gastelum e quebra sequência negativa Confira todos os resultados

Ele voltou!

Há pouco mais de dois anos, Chris Weidman reinava na divisão dos médios. Mas as coisas mudaram rapidamente para o "All American". Até este sábado, ele vinha de três derrotas seguidas no Ultimate. Pressionado, encarou o ascendente Kelvin Gastelum. Depois de sofrer um knockdown no primeiro assalto, Weidman ressurgiu. No terceiro round, "encurralou" Gastelum e conseguiu uma finalização por katagatame. Ainda no octógono, o ex-campeão cravou: "Eu voltei!".

Que vitória!! @Chrisweidman finaliza Kelvin Gastelum na luta principal do #UFCLongIsland! pic.twitter.com/UuoZdiNGtn
— UFC Brasil (@ufc_brasil) 23 de julho de 2017

"El Terror" faz mais uma vítima

Jimmie Rivera não tem o apelido de "El Terror" à toa. Diante de Thomas Almeida, um dos melhores na divisão dos galos, Rivera venceu na decisão unânime e somou nada menos que a sua 20ª vitória consecutiva, a quinta no UFC. A pergunta que fica agora é: qual o próximo passo do lutador de New Jersey?

 
Rivalidade é só na hora da luta #UFCLongIsland #UFC #MMA
Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em Jul 22, 2017 às 5:56 PDT

Prazer, me chamo Eryk Anders

Long Island foi o ponto de consolidação de Eryk Anders como lutador. Ex-jogador de futebol americano e atleta profissional de MMA desde 2015, Anders fez sua primeira aparição no UFC e logo de cara nocauteou o experiente Rafal Natal no primeiro round. Aos 30 anos, Anders parece ter um caminho promissor a percorrer entre os médios.



Upper calibrado

Alex Oliveira precisou de um soco bem encaixado para emplacar a sua segunda vitória consecutiva no UFC. No segundo round da luta contra Ryan Laflare, Cowboy aproveitou um avanço do rival para desferir um upper de encontro e consumar o nocaute. Das últimas quatro lutas que fez, o carioca venceu três e contabilizou um "No Contest".

UAU!
Estamos sem palavras para esse nocaute de @alexcowboy88 no #UFCLongIsland! pic.twitter.com/hNn1Iyim4S
— UFC Brasil (@ufc_brasil) 22 de julho de 2017

Novidade nos pesados

Júnior Albini não levou muito tempo para mostrar a que veio na divisão dos pesados. Em sua estreia no UFC, o "Baby" aplicou uma sequência de cruzados para levar Timothy Johnson ao nocaute no primeiro assalto. Foi a 10ª vitória consecutiva do brasileiro.

 
Comemora, @junior.albini ! Brasileiro estreou com vitória por nocaute no primeiro round no #UFCLongIsland!  #MMA #UFC #Nocaute
Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em Jul 22, 2017 às 2:23 PDT

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Baixe o aplicativo do UFC