Pular para o conteúdo principal
Eventos

UFC Nashville: Motivos para ver

Saiba por que você não pode perder o evento deste sábado (23)

Após a passagem pelo Velho Continente no último final de semana, o Octógono retorna aos Estados Unidos no próximo sábado (23), quando a “Cidade da Música” receberá o UFC Nashville. Saiba por quais motivos você não vai querer perder este evento.

UFC Nashville: Card completo | Como assistir

Pettis leva o show aos meio-médios

Anthony Pettis pode não ser mais o mesmo lutador que reinou na divisão peso-leve entre 2013 e 2014, mas suas últimas apresentações não deixaram dúvidas sobre uma coisa: na vitória ou na derrota, ele continua dando seus shows.

O atleta da Roufusport perdeu duas de suas últimas três lutas - para os atuais 1º e 3º colocados no ranking dos leves, Tony Ferguson e Dustin Poirier - mas em ambas faturou o prêmio de “Luta da Noite”. Entre os reveses, ele superou Michael Chiesa por finalização, levando bônus de “Performance da Noite” no processo. Neste final de semana, o “Showtime” fará sua estreia nos 77kgs no Octógono, encarando ninguém menos que o atual número quatro na categoria, Stephen Thompson.

CHICAGO, IL - JANUARY 26:  Anthony Pettis celebrates defeating Donald Cerrone during their Lightweight Bout part of UFC on FOX at United Center on January 26, 2013 in Chicago, Illinois.  (Photo by Al Bello/Zuffa LLC/Zuffa LLC Via Getty Images)

Em suas duas últimas lutas, o “Wonderboy” enfrentou justamente os dois nomes que lideraram o UFC Londres, vencendo Jorge Masvidal e perdendo para Darren Till, ambos por decisão. Com a passagem do cinturão da categoria de Tyron Woodley para Kamaru Usman, Thompson - que empatou uma vez e perdeu outra para Woodley - certamente quer uma vitória empolgante para voltar a postular um title-shot, e em termos de empolgação, poucos adversários seriam mais apropriados que Pettis.

Brasileiros colidem na rota pelo cinturão

Dois brasileiros dividirão o Octógono em Nashville, em um duelo que pode levar o vencedor a uma disputa pelo cinturão dos moscas: Jussier Formiga e Deiveson Figueiredo.

Formiga vive seu melhor momento no Ultimate, embalado por três vitórias consecutivas, ocupa atualmente a primeira posição no ranking da divisão até 57kgs e quer, com mais um triunfo, consolidar o direito à revanche com Henry Cejudo, que o venceu em uma apertada decisão dividida em 2015.

Deiveson, por sua vez, ainda não conheceu o gosto da derrota na carreira. O “Deus da Guerra” já tem quatro vitórias dentro do Octógono, sendo três delas por nocaute, resultados que o alavancaram ao quarto lugar entre os moscas e o colocam como favorito ao title-shot em caso de novo triunfo neste final de semana.

Olho nela

Maycee Barber pode ainda não ser um nome muito conhecido do grande público - ainda.

Revelada pelo Contender Series, a atleta de apenas 20 anos, que leva o apelido de “O Futuro”, está invicta e tem seis vitórias na carreira, sendo duas por finalização e uma por nocaute, incluindo sua estreia no Octógono em novembro do ano passado, quando venceu Hannah Cifers.

LAS VEGAS, NV - JULY 17: Maycee Barber celebrates her victory over Jamie Colleen in their womens strawweight fight during Dana White's Tuesday Night Contender Series at the TUF Gym on July 17, 2018 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/DWTNCS LLC)
LAS VEGAS, NV - JULY 17: Maycee Barber celebrates her victory over Jamie Colleen in their womens strawweight fight during Dana White's Tuesday Night Contender Series at the TUF Gym on July 17, 2018 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/DWTNCS LLC)

De olho em um lugar no Top 15 do peso-mosca, Barber encara neste final de semana a embalada JJ Aldrich, que busca frear a ascensão da jovem promessa ao mesmo tempo em que vai atrás de sua quarta vitória consecutiva no Ultimate.

Também pela divisão peso-mosca feminina se apresenta a outra brasileira do card, Jennifer Maia, que vem para seu segundo compromisso na organização e enfrenta a experiente e atual quinta colocada no ranking, Alexis Davis.

O UFC Nashville acontece neste sábado (23) com transmissão ao vivo e exclusiva do Combate a partir de 18h (horário de Brasília).

Assine o combate | Siga o UFC Brasil no Youtube