Pular para o conteúdo principal
Eventos

UFC San Antonio: Motivos para ver

Saiba por que você não vai querer perder o evento deste sábado (20)

Pelo 5º final de semana consecutivo, o Octógono desembarca em uma cidade diferente dos Estados Unidos e, pela 4ª vez nesta sequência, terá um brasileiro envolvido na luta principal. Confira abaixo os principais motivos para você não querer perder o UFC San Antonio, neste sábado (20).

Após finalizar Kevin Lee em maio, o ex-campeão Rafael dos Anjos volta rapidamente à ação e busca emplacar o segundo triunfo seguido em duelo contra Leon Edwards na luta principal do UFC San Antonio, neste sábado (20).


Corrida acirrada pelo title-shot nos 77kgs

Desde sua mudança para os meio-médios, o brasileiro Rafael dos Anjos sofreu apenas duas derrotas: para o ex-campeão interino Colby Covington, e para o atual campeão linear, Kamaru Usman. Por isso, o brasileiro, 4º colocado no ranking da divisão, segue firme na busca por um title-shot, principalmente após sua recente vitória por finalização sobre Kevin Lee, há dois meses.

Adversário de RDA na principal atração da noite, o britânico Leon Edwards (11º no ranking) também sofreu sua última derrota pelas mãos do “Pesadelo Nigeriano”, em 2015. De lá para cá, “Rocky” acumulou sete vitórias seguidas, superando nomes como Donald Cerrone, Vicente Luque e Gunnar Nelson, e enxerga no brasileiro a chance ideal de dar um grande salto rumo à elite da divisão.

Usman ainda aguarda um oponente para sua primeira defesa de título. Entre os principais candidatos estão Covington, que enfrenta Robbie Lawler no UFC Newark, em agosto, e Jorge Masvidal, que nocauteou Ben Askren em apenas 5 segundos no UFC 239; mas uma vitória neste final de semana não fará mal algum às chances de RDA e Edwards nesta corrida.

Pesos-pesados em destaque

O card principal em San Antonio terá nada menos que três duelos entre pesos-pesados, que prometem nocautes e várias mudanças no ranking da divisão.

O primeiro será entre os veteranos Andrei Arlovski e Ben Rothwell. De fora do Top 15 atualmente, os lutadores, que somam 94 lutas na carreira, tentam provar que ainda têm lenha para queimar na divisão no combate que abre o card principal do evento.

Depois será a vez de duas promessas colidirem. Greg Hardy e Juan Adams foram contratados após impressionarem Dana White no Contender Series, ambos conquistaram todas suas vitórias na carreira por nocaute e ambos somam uma vitória e uma derrota no Octógono. Hora de provar a que vieram.

Por fim, na luta co-principal da noite, o finalizador Aleksei Oleinik (9º na divisão), encara o nocauteador Walt Harris (14º), no embate que terá implicações mais imediatas na parte de cima da categoria.

Duelos importantes também nos leves

Uma das categorias mais repletas de talentos na organização, o peso-leve também terá confrontos interessantes que podem credenciar novos nomes ao Top 15.

Um deles terá participação brasileira: Francisco Massaranduba vai desafiar o 13º colocado na divisão, Alexander Hernandez. Em seguida, será a vez de o atleta da casa, James Vick (15º) medir forças com o neozelandês Dan Hooker.

Além disso, o UFC San Antonio terá mais quatro lutadores brasileiros em ação: Klidson Abreu, Jennifer Maia, Felipe Colares e o estreante Gabriel Silva.

O evento terá transmissão ao vivo e exclusiva do Canal Combate, e tem início previsto para as 19h (horário de Brasília).

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube