Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

UFC São Paulo: relembre quatro shows de Rogério Minotouro no octógono

Brasileiro enfrenta Ryan Bader em evento no dia 19 de novembro, no Ginásio do Ibirapuera 


O UFC Fight Night no Combate: Bader x Minotouro 2 acontece dia 19 de novembro, em São Paulo. Para você já ir entrando no clima do evento, lembramos quatro atuações de luxo do baiano Rogério Minotouro. Tem nocaute em ex-campeões e show de boxe lutando no UFC 198, em maio.
Garanta seu ingresso para o UFC São Paulo |Assine o Combate

Os ingressos para o evento em São Paulo já estão sendo vendidos e você encontra todos os detalhes AQUI. Além de Minotouro, o card conta com várias revelações brasileiras como Thomas Almeida, Warlley Alves, Claudia Gadelha e muito mais.

Patrick Cummins - maio de 2016
Minotouro vinha de duas derrotas, contra Anthony Johnson e Maurício Shogun, mas sabia que ainda podia mostrar seu potencial dentro do octógono. A prova disso aconteceu no UFC 198, em maio, quando ele usou seu boxe afiado para nocautear o wrestler Patrick Cummins no primeiro round - e levar a torcida ao delírio.

Rashad Evans - fevereiro de 2013
A única luta desta lista que foi para o terceiro round. Logo após vencer Tito Ortiz, o brasileiro encarou outro ex-campeão: Rashad Evans. Minotouro mostrou que estava com o preparo físico em dia, lutou por três rounds e venceu o confronto por decisão dividida dos juízes.

Tito Ortiz - dezembro de 2011
Lutar contra um ex-campeão nunca é fácil. Ainda mais quando falamos de Tito Ortiz. Mas Minotouro conseguiu seguir bem sua estratégia, resistiu a pressão nos primeiros minutos e cresceu quando teve a oportunidade. O brasileiro trabalhou bem o boxe, acertou uma joelhada no corpo do adversário e venceu no ground and pound logo no primeiro round.

Luiz Cane - novembro de 2009
Rogério Minotouro já era um ídolo no Japão por causa do Pride e vinha fazendo lutas em outros torneios antes de estrear pelo Ultimate. A primeira luta foi no UFC 106, em maio de 2010, quando ele nocauteou o compatriota Luiz Cane no primeiro round. Seu boxe afiado e umas joelhadas foram o bastante para garantir a vitória na luta de estreia.