Skip to main content

The Ultimate Fighter Brasil, a espera chegou ao fim

Estreia neste domingo, na TV Globo, o “The Ultimate
Fighter Brasil” (TUF), reality show do UFC.

Estreia neste domingo, na TV Globo, o “The Ultimate
Fighter Brasil” (TUF), reality show do UFC. Pela primeira vez, o evento terá
uma edição brasileira com os treinadores Vitor Belfort e Wanderlei Silva,
respectivamente ex-campeões do UFC e Pride. Além das transmissões na TV aberta,
os programas também serão reprisados no canal fechado Multishow nas
terças-feiras, às 21h30, e quartas, às 18h. Apesar de ser a primeira vez do
reality no Brasil, o TUF tem uma história consolidada nos Estados Unidos, onde
já ocorreram 14 edições, além de uma que está sendo exibida atualmente, pela
primeira vez com as lutas ao vivo, através da Fox norte-americana.

O TUF teve importante papel para que o UFC se
firmasse de vez como um grande evento esportivo e muitos dos campeões e
participantes do reality se tornaram ícones dentro do Octógono, detentores do
cinturão e ídolos da torcida. A primeira edição, em 2005, é um exemplo disso,
com uma das lutas mais emocionantes na história da organização, um verdadeiro
épico do MMA entre os finalistas Forrest Griffin e Stephan Bonnar. Para muitos,
foi o combate que mostrou definitivamente a força da modalidade para o grande público.
Jamais se entregar, jamais desistir, foi o que Griffin e Bonnar mostraram. O
resultado disso: Griffin, que veio a se tornar campeão de meio-pesados, e
Bonnar que, mesmo com o revés, teve o contrato assinado com a organização e
segue no elenco de lutadores do Ultimate até hoje. Desta mesma edição, outros
grandes nomes surgiram e chegaram a disputar o cinturão, entre eles Kenny
Florian, Diego Sanchez e Josh Koscheck. Também vale destacar atletas como Chris
Leben, outro membro do primeira temporada da série que sempre marca presença no
cercado da organização.

O sucesso do TUF surpreendeu mesmo os mais
aficionados e o MMA deixou de ser um esporte apenas para o segmento de amantes
das artes marciais. Ver como era a vida daqueles atletas chamou a atenção mesmo
dos que nunca praticaram lutas. As edições seguintes do programa seguiram
empolgantes e muitos lutadores foram apresentados ao grande público. Para citar
alguns, Rashad Evans derrotou Brad Imes na final da segunda temporada, também
em 2005, e mais a frente tornou-se campeão de meio-pesados. Michael Bisping,
hoje o principal representante do Reino Unido, foi o campeão do TUF 3, em 2006.
Nate Diaz foi o homem do TUF 5, em 2007, e segue forte à caminho do cinturão de
leves. Ryan Bader foi o melhor em seu peso em 2008, quando derrotou o
brasileiro Vinny Magalhães da final, e continua fazendo frente entre os
meio-pesados. O gordinho Roy Nelson surpreendeu a todos e tratou de detonar o
mais jovem Brendan Schaub na 10ª edição, em 2009. Já o único campeão brasileiro
é Diego Brandão, no TUF 14, depois de ter finalizado Dennis Bermudez.
Além dos participantes, sempre desperta interesse do
público os treinadores das equipes, que, tradicionalmente, também acabam se
enfrentando. Entre os capitães de todas as edições, ícones como Randy Couture,
Chuck Liddell, Tito Ortiz, Matt Hughes, Rich Franklin, BJ Penn, Quinton
Jackson, Matt Serra, Forrest Griffin, Dan Henderson e Georges St. Pierre. O
programa também já contou com treinadores brasileiros, Rodrigo Minotauro e o
atual campeão dos pesados Junior Cigano. Enfim, um plantel de participantes,
futuros astros, e alguns dos atletas mais consagrados do planeta resultam numa
fórmula explosiva, de pura ação e emoção.

A estreia do TUF Brasil ocorre neste domingo, na
Globo, logo após ao “Big Brother”. Os 16 lutadores que saírem vencedores no primeiro
episódio serão divididos entre “Time Vitor” e “Time Wanderlei”, sendo quatro
atletas da categoria pena (até 66 Kg) e quatro da categoria médio (até 84 Kg).
Os dois vencedores do programa serão conhecidos em um evento ao vivo no dia 23 de junho. Quem vai ser o próximo campeão? Fique ligado!
Confira abaixo a lista com os 21 vencedores do TUF em todas as edições:
 
TUF 1 – Diego Sanches (médio) e Forres Griffin
(meio-pesado)
TUF 2 – Joe Stevenson (meio-médio) e Rashad Evans
(pesado)
TUF 3 – Kendall Grove (médio) e Michael Bisping (meio-pesado)
TUF 4 – Matt Serra (meio-médio) e Travis Lutter
(médio)
TUF 5 – Nate Diaz (leve)
TUF 6 – Mac Danzig (meio-médio)
TUF 7 – Amir Sadolah (médio)
TUF 8 – Efrain Escudero (leve) e Ryan Bader
(meio-pesado)
TUF 9 – Ross
Pearson (leve) e James wilks (meio-médio)
TUF 10 – Roy
Nelson (pesado)
TUF 11 – Court
McGee (médio)
TUF 12 – Jonathan
Brookins (leve)
TUF 13 – Tony Ferguson (meio-médio)
TUF 14 – Diego Brandão (pena) e John Dodson (galo)