Pular para o conteúdo principal

Urijah Faber revela que Conor McGregor não treinou seus atletas no TUF 22

Norte-americano denunciou ausência do campeão interino peso-pena


A 22ª temporada do The Ultimate Fighter estreou ontem nos Estados Unidos, mas os técnicos já estão atacando um ao outro por meio da imprensa. Urijah Faber, que lidera o time de atletas norte-americanos, revelou em conversa com jornalistas que o treinador rival, Conor McGregor, não auxiliou tanto nos treinamentos quanto era esperado.

Assine o canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC

“Ele esteve por lá um pouco, mas não colocou a mão na massa. Sei que ele não apareceu em vários treinos”, afirmou o peso-galo, de acordo com o portal MMA Fighting.

Faber demonstrou preocupação com os integrantes do time europeu, que não tiveram tanto contado com o campeão interino do peso-pena.

“Se eu estivesse na situação deles, gostaria de receber tanto conhecimento quanto fosse possível do campeão interino. É um processo de seis semanas, e muitas pessoas dedicaram a vida inteira a esse esporte. Você não precisa segurar as mãos deles, mas faz sentido ficar por ali”, disse.

O ‘Garoto da Califórnia’ até apresentou uma teoria que justificaria a ausência de McGregor. Segundo Faber, os participantes do programa, que são do peso-pena e peso-leve, podem virar adversários do irlandês no futuro, e por isso o técnico se afastou.

“Muitos dos caras do time europeu já estavam perto de serem contratados pelo UFC, então alguns deles podem enfrentar o McGregor (algum dia). Eles são das categorias até 70kg e 66kg, então quem sabe como as coisas vão acontecer? São os melhores caras da Europa”, declarou.

Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC
Siga o WhatsAPP UFC e fique por dentro das notícias