Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Urijah Faber volta a falar sobre possível confronto com TJ Dillashaw

Campeão saiu da equipe fundada pelo veterano


Já faz alguns meses que o campeão peso-galo TJ Dillashaw anunciou sua saída da famosa equipe Team Alpha Male, mas a tensão entre ele e o líder do time, Urijah Faber, aparentemente segue alta.

Em entrevista ao podcast "Submission Radio", Faber admitiu que a separação afetou muito a relação entre os dois atletas.

"Não é o melhor sentimento, para ser honesto. Nós não somos mais os grandes amigos que éramos antes. Sinto que ele se transformou na vítima. Na cabeça dele, eu sou o malvado porque ele saiu do nosso time. Eu disse a ele, 'Se você não está na equipe, não pode continuar a vir aqui e treinar conosco'. Ele sente que eu o expulsei. Acho que ele disse isso em uma entrevista, o que foi cômico. Não estou feliz com isso, mas é a verdade", afirmou.

Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC

Faber atualmente ocupa o quarto lugar no ranking da divisão até 61kg, e é presença constante no topo da categoria. Se antes ele não lutaria pelo título por conta da amizade com Dillashaw, a ideia mudou agora.

"É claro. O que eu falaria? 'Esse cara treinava na minha equipe, então não vou enfrentá-lo pelo título'? Não. Isso não vai acontecer", declarou.

Faber está escalado para enfrentar Frankie Saenz no UFC 194, em 12 de dezembro. Já TJ retorna ao octógono em 17 de janeiro, contra Dominick Cruz, no UFC Boston.