Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Valentina mira revanche com Amanda e descarta subida para o peso-pena

Número um no ranking peso-galo, lutadora foi derrotada pela brasileira em 2016


Valentina Shevchenko estreou no Ultimate em dezembro de 2015, e demorou pouco para mostrar a que veio na organização.
Após vencer Sarah Kaufman em sua primeira luta, ela foi derrotada em combate equilibrado por Amanda Nunes - que, em seguida, se sagrou campeã - e, na sequência, venceu a ex-campeã Holly Holm, se recolocando rapidamente às portas de um title-shot.
Garanta já o seu ingresso para o UFC Fortaleza, em 11 de março
A sonhada disputa de cinturão pode ser garantida neste sábado (28), quando a peruana de origem quirguistanesa encara Julianna Pena na luta principal do UFC Denver.
“Eu sou a número um e ela é a número dois, acho que é óbvio que quem vencer esta luta merece disputar o título em seguida”, disse Valentina em entrevista ao podcast UFC Unfiltered.
Mais UFC Denver: Quatro motivos para não perder | Olho Neles | Pezão tem novo adversário
Shevchenko comentou também a criação da divisão feminina peso-pena, que terá sua primeira campeã conhecida no UFC 208, quando Holly Holm enfrenta Germaine de Randamie pelo cinturão inaugural.
Mas, ao contrário de Holm, Valentina garantiu que não tem intenção de subir de peso: “Peso-pena para mim é muita coisa, eu teria que comer muito por um ano para chegar nesse peso. O que eu vejo para mim é o peso-galo ou peso-mosca. Por enquanto estou bem na divisão, mas se no futuro abrirem uma nova divisão, é mais provável que eu desça para o peso-mosca”, explicou.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC