Pular para o conteúdo principal

Veterano Frank Mir vence Todd Duffee por nocaute no primeiro round

Americano acertou um direto de esquerda e colocou o compatriota para dormir no início da luta

O ex-campeão peso pesado Frank Mir, de 36 anos, garantiu a sua segunda vitória consecutiva por nocaute na temporada 2015 do UFC. Após vencer o brasileiro Antônio Silva em fevereiro, o norte-americano se superou e derrubou o compatriota Todd Duffee, de 29 anos, com um direto de esquerda aos 1m13s do primeiro round, na madrugada desta quarta-feira, pela luta principal do UFC Fight Night 71, realizado em San Diego, Califórnia
(EUA.

“Eu fui lá e venci um jovem estudante, com o que ele faz de melhor: batendo forte, de forma explosiva e sendo duro. Hoje fui um pouco mais emotivo, e isso não é comum. Mas lutei contra um jovem touro e mostrei que posso vencê-lo”, declarou Mir ainda no octógono.

Frank Mir e Todd Duffee travaram um duelo franco desde o início, com troca de golpes no centro do octógono. Mir tomou a iniciativa da luta, acertou o primeiro golpe e balançou Duffee. Mesmo acuado, o jovem lutador respondeu com um direto e também incomodou o adversário. Mas o golpe bem encaixado pela mão esquerda de Mir, aos 1m13s, colocou Duffee para dormir e encerrou a luta.

Confira todos os resultados do UFC Fight Night 71, realizado nesta quarta-feira, em San Diego, Califórina (EUA):

CARD PRINCIPAL
Frank Mir venceu Todd Duffee por nocaute no 1ª round
Tony Ferguson derrotou Josh Thomson por decisão unânime dos juízes
Holly Holm bateu Marion Reneau por decisão unânime dos juízes
Manny Gamburyan venceu Scott Jorgensen por decisão unânime dos juízes
Kevin Lee derrotou James Moontasri por finalização no 1º round
Alan Jouban venceu Matt Dwyer por decisão unânime dos juízes

CARD PRELIMINAR
Sam Sicilia venceu Yaotzin Meza por decisão unânime dos juízes
Jéssica Andrade derrotou Sara Moras na decisão unânime dos juízes
Rani Yahya venceu Masanori Kanehara por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Sean Strickland derrotou Igor Araújo por decisão unânime dos juízes
Kevin Casey venceu Ildemar Marajó por decisão unânime dos juízes
Lyman Good derrotou Andrew Craig por nocaute técnico no 2º round