Pular para o conteúdo principal

Vitor Belfort passa em exame antidoping surpresa

 Brasileiro enfrenta Chris Weidman no UFC 184, em 28 de fevereiro, pelo título dos médios

Bastante criticado pelo campeão peso-médio do UFC, Chris Weidman, pelo uso da terapia de reposição hormonal de testosterona, o TRT, que foi proibido pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC) no começo de 2014, Vitor Belfort passou no teste antidoping surpresa realizado pela mesma entidade, no dia 1º de novembro.

De acordo com o site ESPN, o Fenômeno teve que fazer exames de sangue e urina para medir os níveis de testosterona e detectar substâncias proibidas pela Comissão. No final, os resultados deram negativos e Vítor continua sua preparação para a luta contra o americano, que ocorrerá no UFC 184, em 28 de Fevereiro, na cidade de Los Angeles.

Mesmo com a luta sendo sancionada pela Comissão Atlética da Califórnia (CSAC), a entidade concordou que a Comissão Atlética de Nevada fizesse os testes surpresa em Vitor e se comprometeu a aceitar o resultado dos exames. Também foi divulgado que a NSAC pretende testar o brasileiro outras vezes antes do evento.