Pular para o conteúdo principal
 Taila Santos of Brazil celebrates after her decision victory over Molly McCann in their flyweight fight during the UFC Fight Night event inside Flash Forum on UFC Fight Island on July 16, 2020 in Yas Island, Abu Dhabi, United Arab Emirates. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images)
Atletas

Você precisa conhecer: Taila Santos

Peso-mosca brasileira busca segunda vitória no UFC Vegas 17, neste sábado (19)

Em busca de sua segunda vitória no Octógono, a peso-mosca Taila Santos entra em ação neste sábado (19), no UFC Vegas 17. Natural de Jaraguá do Sul (SC), a atleta de 27 anos é uma lutadora que você precisa conhecer. 

Para Taila Santos, as artes marciais correm na família. Seu pai é professor de muay thai, mas a agora lutadora profissional só começou a treinar na modalidade aos 13 anos. Vendo que a filha tinha jeito para a coisa, o pai de Taila não demorou a inscrevê-la em um campeonato na academia Chute Boxe de Curitiba. Depois da vitória, a família começou a investir nos treinos de jiu-jítsu já visando uma transição para o MMA.

Depois de uma luta na modalidade, Taila passou a treinar na Astra Fight Team, em Balneário Camboriú. Mais 13 lutas depois, veio o convite para o Dana White’s Contender Series Brasil. No Octógono, em frente a Dana White, Rodrigo Minotauro e os matchmakers do UFC, Taila superou Estefani Almeida em uma decisão unânime e garantiu um contrato com a organização.  

Mais UFC Vegas 17: Os brasileiros do evento | Card completo | Onde assistir

A estreia promocional veio seis meses depois, no UFC Fortaleza de 2019. Contra Mara Romero Borella, Taila não conseguiu impor o seu jogo e acabou sofrendo a primeira derrota da carreira por decisão dividida.

Desde então, Taila vem mostrando sua resiliência frente as adversidades. Primeiro, a brasileira viu um confronto contra Gillian Robertson ser cancelado por conta da pandemia de Covid-19. Depois de mais de um ano sem lutar, a lutadora foi escalada para enfrentar Molly McCann na primeira temporada da Ilha da Luta, em julho.

Brasil

Taila dominou McCann e conquistou sua primeira vitória no UFC por decisão unânime. A partir dali, parecia que as coisas começariam a fluir na organização, e um novo confronto foi marcado para 5 de dezembro contra Maryna Moroz, mas a ucraniana precisou se retirar do confronto e foi substituída por Montana De La Rosa.

Mas horas antes do evento, a luta foi cancelada após a norte-americana testar positivo para a Covid-19. Taila conseguiu uma nova luta para poucos dias depois, e agora enfrenta Gillian Robertson no UFC Vegas 17, evento que fecha o calendário do UFC em 2020.

O UFC Vegas 17 terá transmissão ao vivo e exclusiva do Combate neste sábado (19), a partir das 18h (horário de Brasília).

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube