Pular para o conteúdo principal

Warlley Alves rechaça fama de 'marrento' e fala em levar Jacaré para o octógono

Brasileiro enfrenta o francês Nordine Taleb no UFC 190, neste sábado, no Rio de Janeiro

Campeão do The Ultimate Fighter Brasil 3, Warlley Alves ficou conhecido como marrento pelas suas entrevistas e comportamento dentro do octógono. Apesar de rechaçar essa fama, ele parece gostar do personagem e até muda para uma fisionomia mais séria quando os flashes estão em destaque. Neste sábado, ele tenta sua décima vitória consecutiva enfrentando o francês Nordine Taleb.
- Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC

"Falam que eu sou marrento, mas não é isso. Meu trabalho é sair na mão. Se quisesse dar beijinho faria outro esporte, mas sou lutador", disse um confiante Alves. Apesar de ter nascido em Minas Gerais, o campeão do TUF Brasil 3 treina e mora no Rio de Janeiro - e já avisou que não admite uma derrota 'em casa'.

"Vou para cima desse cara com tudo que tenho. Ele não vai entrar no quintal da minha casa e tirar onda comigo, não vai", bradou Warlley Alves.

Mais descontraído, Warlley Alves brincou sobre o fato de Taleb treinar com o ex-campeão Georges St-Pierre. "Mas o t-Pierre não vai entrar no octógono, não é? Qualquer coisa eu chamo o Ronaldo Jacaré para ir comigo", disse ele sorrindo.