Pular para o conteúdo principal

Werdum surpreende novamente e é o novo - e único - campeão dos pesos-pesados

 Brasileiro finalizou Cain Velasquez com uma guilhotina no terceiro round


O Brasil tem um novo - e agora único - campeão dos pesos-pesados. Fabrício Werdum mostrou muita raça, aguentou a pressão de Cain Velasquez no início do combate e usou toda a experiência que um tricampeão mundial de jiu-jitsu possui para finalizar o norte-americano de ascendência mexicana no terceiro round, conquistando assim de maneira incontestável o cinturão dos pesos-pesados do Ultimate. Com a vitória do brasileiro, o país agora possui três cinturões: Fabrício Werdum (pesados), Rafael dos Anjos (leves) e José Aldo (penas). Além da conquista do título, o gaúcho também se tornou o primeiro lutador a vencer o ex-campeão por finalização.

- Estrangulamentos em pé e equilíbrio marcam o card preliminar do UFC 188

"Vamos todos respeitar o Velásquez. Quero agradecer o Brasil, minha família, meus companheiros. Foi uma luta duríssima e, com certeza, teremos uma revanche. Treinei muito a guilhotina para defender essa queda. Eu represento o Brasil esse cinturão é para todos vocês", comemorou o novo campeão. Velasquez, por sua vez, lamentou a derrota na frente da torcida mexicana. "Perdão a todos vocês, que se esforçaram para estar aqui. Infelizmente não tem o que fazer: só treinar, seguir o caminho e voltar. Treinei durante duas semanas aqui e acho que não foi o suficiente".

Werdum entrou sorrindo na arena, indicando que estava bem à vontade. Depois de suportar um início de combate com Velasquez aplicando bons golpes e impondo seu jogo, o brasileiro conseguiu aos poucos se soltar na parte em pé, usando especialmente fortes joelhadas no clinch. Com o passar do duelo, Werdum mostrou maior resistência que o norte-americano, claramente cansado por conta da falta de ritmo de luta e da altitude de 2500 metros acima do mar que a Cidade do México possui. Após dois rounds de muita emoção, o gaúcho conseguiu encaixar uma guilhotina em Velasquez no terceiro assalto, que não resistiu e bateu em desistência, selando a vitória do atleta da Kings MMA - que sorria enquanto aplicava o golpe, antes mesmo do rival dar os três tapinhas.

Na segundo combate mais importante da noite, Gilbert Melendez e Eddie Alvarez fizeram uma luta estudada, com vitória do nono colocado no ranking por decisão dividida. Os pesos-leves fizeram um duelo com bastante trocação e uso da grade, com Alvarez aplicando algumas quedas decisivas para sair com a vitória. "Quando consegui derrubá-lo, vi que ele não era tão forte na defesa. Usei meu melhor na trocação e deixei tudo no octógono por conta do meu olho", disse o atleta, lembrando que seu olho esquerdo estava completamente fechado por conta de uma cotovelada. Esta é a primeira vitória de Alvarez no Ultimate, que havia perdido para Donald Cerrone em sua estreia.

Em seu retorno aos médios, onde foi vencedor do TUF 17, Kelvin Gastelum derrotou o veterano Nate Marquardt por nocaute técnico no intervalo do segundo para o terceiro round, após a equipe do norte-americano anunciar que ele não tinha condições de voltar ao combate. O duelo foi marcado pelo domínio de Gastelum, que usou seu wrestling para cansar o oponente - ficando perto de nocautear no segundo round com um forte ground and pound. "Obrigado pelo apoio, eu gosto muito de vocês. Viva o México! Eu achei que o árbitro fosse parar a luta antes. O Nate é um ex-campeão mundial e tenho muito respeito por ele".

Os pesos-pena Yair Rodriguez e Charles Rosa fizeram um duelo eletrizante, que terminou com a vitória do mexicano por decisão dividida. O atleta da casa partiu para cima logo no começo do combate, com diversos golpes acrobáticos, e quase encaixou um triângulo, mas Rosa conseguiu escapar. O norte-americano tentou então tomar o controle com quedas, enquanto Rodriguez preferia apostar na trocação - onde levou vantagem. Esta é a segunda vitória do vencedor do TUF América Latina no Ultimate, que bateu Leonardo Morales, a quinta na carreira.

No único duelo feminino da noite, Tecia Torres bateu Angela Hill por decisão unânime e faturou a sexta vitória na carreira - toda por pontos. A lutadora da American Top Team soube usar seu wrestling para pressionar a adversária e sair com seu segundo triunfo no Ultimate. Confira os resultados:

Card Principal
Fabrício Werdum venceu Cain Velasquez por finalização no R3
Eddie Alvarez venceu Gilbert Melendez por decisão dividida (29-28; 28-29; 29-28)
Kelvin Gastelum venceu Nate Marquardt por nocaute técnico no intervalo entre o R2 e o R3
Yair Rodriguez venceu Charles Rosa por decisão unânime (29-28;28-29;29-28)
Tecia Torres venceu Angela Hill por decisão unânime (30-27;30-27;29-28)

Card Preliminar
Henry Cejudo venceu Chico Camus por decisão unânime (29-28; 30-27; 30-27)
Efrain Escudero venceu Drew Dober por finalização no R1
Patrick Williams venceu Alejandro Perez por finalização no R1
Johnny Case venceu Francisco Trevino por decisão unânime (triplo 30-27)
Cathal Pendred venceu Augusto Montano por decisão unânime (triplo 29-28)
Gabriel Benitez venceu Clay Collard por decisão unânime (triplo 30-27)