Pular para o conteúdo principal

Peso-médio Categoria

Ativo

"Blindado"

Bruno Silva

Peso-médio Categoria

23-11-0 (W-L-D)

20

Vitórias por nocaute

14

Vitórias no 1º round

Bruno Silva

Histórico do atleta

Informações

Learn more about Bruno Silva's UFC history, fighter facts, and Q&A below.

Status
Ativo
Cidade natal
Brasil
Equipe
Evolucao Thai - Curitiba
Estilo de luta
Striker
Idade
34
Altura
72.00
Peso
201.50
Estreia no UFC
19.06.21
Envergadura
74.00
Alcance das pernas
42.00
  • Profissional desde 2010

     
  • 20 vitórias por nocaute

     
  • 14 vitórias no 1º round

     
  • Vencedor de oito de suas últimas 12 lutas

     
  • Começou a carreira 5-5; 18-4 desde então

     
  • Origem do apelido: "No início da minha carreira, lutei contra caras maiores, conseguia levar uma surra e muitas vezes ganhava a luta, por isso me deram o apelido de Blindado".

UFC 294 (21/10/23) Silva perdeu para Shara Magomedov por decisão unânime.

UFC Jacksonville (24/6/23) Silva perdeu para Brendan Allen por finalização (mata-leão) aos 4m39s do 1º round.

UFC Vegas 71 (22/4/23) Silva venceu Brad Tavares por nocaute técnico aos 3m35s do 1º round.

UFC San Diego (13/8/22) Silva perdeu para Gerald Meerschaert por finalização (guilhotina) a 1m39s do 3º round.

UFC Vegas 50 (12/3/22) Silva perdeu para Alex Pereira por decisão unânime.

UFC 269 (11/12/21) Silva venceu Jordan Wright por nocaute técnico a 1m28s do 1º round.

UFC Vegas 40 (16/10/21) Silva venceu Andrew Sanchez por nocaute técnico aos 2m35s do 3º round.

UFC Vegas 29 (19/6/21) Silva venceu Wellington Turman por nocaute aos 4m45s do 1º round.

 

The Ultimate Fighter Brasil, Temporada 3

No episódio dois, Silva perdeu para Vitor Miranda por nocaute no 2º round na fase de eliminação.

Quando e por que você começou a treinar para lutar? Comecei a treinar em 2009 e depois de três meses fiz minha primeira luta. No início foi uma curiosidade, pois no interior da Paraíba, onde cresci, não havia lutas, mas após três meses de treinamento perdi meu pai e a luta foi uma terapia que me ajudou a superar a maior dor que senti ao perder meu pai.

Quais graduações e títulos já conquistou? Tenho quatro cinturões, três no Brasil e um mundial. Sou o primeiro e único brasileiro a ser campeão na Rússia no evento global M-1, um dos maiores eventos do mundo.

Você tem algum herói? Meu maior herói é meu pai, mas tenho ídolos de luta como Wanderlei Silva, Minotauro, Lyoto Machida e Shogun. Como artista, Zezé di Camargo; é estranho para um lutador dizer isso, mas ele é meu maior ídolo.

O que significa para você lutar no UFC? Foram 11 anos trabalhando para lutar no UFC. Lutar no UFC significa que meu maior sonho está se tornando realidade, e é o lugar onde deixarei meu maior legado, porque deixarei o exemplo para minha filha de que, com trabalho duro e dedicação, você pode alcançar lugares "impossíveis".

Você fez faculdade e, se sim, qual foi seu diploma? Estudei Educação Física, mas não terminei.

Qual era o seu trabalho antes de começar a lutar? Já fui garçom, montador de cerca elétrica, entregador de panfletos, mas quando comecei a lutar, era vigilante e dava aulas em um projeto social para jovens. 

Técnica de striking preferida: Boxe.