Pular para o conteúdo principal
Jailton Almeida comemora após finalizar Parker Porter no UFC Fight Night: Holm x Vieira em 21 de maio de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)
Listas

Os melhores estreantes do 1º semestre de 2022 no UFC

Listamos o Top 5 de estreantes que mais fizeram barulho no Octógono até agora este ano

Quem foram os estreantes que mais fizeram barulho no Octógono na primeira metade de 2022? Confira a seleção eleita pela equipe do UFC.com.

5 - Jailton Almeida

Jailton Almeida of Brazil reacts after his submission victory over Parker Porter in a heavyweight bout during the UFC Fight Night event at UFC APEX on May 21, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Jailton Almeida of Brazil reacts after his submission victory over Parker Porter in a heavyweight bout during the UFC Fight Night event at UFC APEX on May 21, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)


Após conquistar um contrato com o UFC no Dana White's Contender Series no último mês de setembro, Jailton Almeida conquistou dois triunfos no Octógono este ano, vencendo Danilo Marques pelos meio-pesados antes de subir para o peso-pesado e finalizar Parker Porter no 1º round. O baiano de 31 anos provou que pode lutar, mas também tem a confiança e o carisma que fazem você querer assisti-lo cada vez mais.

4 - Chidi Njokuani

Chidi Njokuani knees Dusko Todorovic of Montenegro in a middleweight bout during the UFC Fight Night event at UFC APEX on May 21, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

É sempre engraçado chamar veteranos como Chidi Njokuani de "estreantes", mas tecnicamente é verdade, mesmo que sua primeira luta no UFC em fevereiro de 2022 tenha sido seu 29º combate profissional. Nesta estreia, Chidi venceu Marc-Andre Barriault em apenas 16 segundos, e três meses depois ele nocauteou Dusko Todorovic também no 1º round. Como diz o ditado, antes tarde do que nunca.

3 - Muhammad Mokaev

LONDON, ENGLAND - MARCH 19: (R-L) Muhammad Mokaev of England attempts to submit Cody Durden in a flyweight fight during the UFC Fight Night event at O2 Arena on March 19, 2022 in London, England. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

LONDON, ENGLAND - MARCH 19: (R-L) Muhammad Mokaev of England attempts to submit Cody Durden in a flyweight fight during the UFC Fight Night event at O2 Arena on March 19, 2022 in London, England. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)


Provavelmente o nome com maior expectativa nesta lista, o russo Muhammad Mokaev lidou bem com a pressão em sua aguardada estreia, vencendo Cody Durden por finalização em apenas 58 segundos em março. Quão bem ele foi e quanto potencial ele tem? Ele é o único lutador que entrou para este Top 5 tendo feito apenas uma aparição no Octógono.

2 - André Fialho

Andre Fialho of Portugal punches Cameron VanCamp in a welterweight fight during the UFC 274 event at Footprint Center on May 07, 2022 in Phoenix, Arizona. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Geralmente, incluímos nestas listas aqueles que competiram mais de uma vez nos primeiros seis meses do ano. André Fialho fez sua estreia no Octógono em janeiro e agora já tem QUATRO lutas na organização. E embora tenha somado duas vitórias e duas derrotas, o português foi espetacular nas vitórias por nocaute sobre Miguel Baeza e Cameron VanCamp, competitivo na derrota por decisão para Michel Pereira, e em sua derrota para Jake Matthews em junho, ele enfrentou um atleta que pareceu melhor do que nunca. Ainda vamos ouvir muito sobre André Fialho.

1 - Jack Della Maddalena

Jack Della Maddalena elbows Ange Loosa in a welterweight fight during Dana White's Contender Series season five week three at UFC APEX on September 14, 2021 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Jack Della Maddalena elbows Ange Loosa in a welterweight fight during Dana White's Contender Series season five week three at UFC APEX on September 14, 2021 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)


Aos 25 anos, Jack Della Maddalena é a definição de uma estrela em ascensão no UFC. Contratado no Dana White's Contender Series em setembro de 2021, o meio-médio australiano impressionou em sua estreia contra Pete Rodriguez em Janeiro, mas foi com o nocaute sobre Ramazan Emeev em junho que ele realmente mostrou seu potencial, superando adversidade para derrotar um veterano de 26 lutas, conhecido por ser duro e resiliente, em pouco mais de um round e meio.