Pular para o conteúdo principal
Jon Jones comemora após a vitória sobre Ciryl Gane no UFC 285, em março de 2023 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Especiais

Panorama da Divisão: Peso-Pesado | Dezembro de 2023

Veja como está a situação dos lutadores mais bem ranqueados da categoria no fim do ano

O peso-pesado ganhou um segundo campeão quando Tom Aspinall despachou Sergei Pavlovich no UFC 295, conquistando o título interino da categoria. Atual campeão linear, Jon Jones atualmente se recupera de uma lesão, que o tirou do aguardado duelo com Stipe Miocic. Abaixo, explicamos como fica a disputa pelo topo da categoria mais nobre dos esportes de combate o qie esperar da elite da divisão em 2024.

Assine o UFC Fight Pass com 50% de desconto no plano anual

Campeão: Jon Jones

Jon Jones comemora a vitória na luta principal do UFC 285. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Jon Jones comemora a vitória na luta principal do UFC 285. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC)


Última luta: vitória por finalização contra Ciryl Gane (4/3/2023) 

Próxima luta: a definir 

O maior lutador de todos os tempos faria sua primeira defesa de título no UFC 295 contra Stipe Miocic, mas rompeu o tendão do peitoral na reta final de preparação e ainda não tem previsão de retorno ao Octógono. Na sua ausência, Tom Aspinall conquistou o cinturão interino da divisão, o que geralmente garante um confronto direto com o campeão linear, mas é possível que o britânico precise esperar "Bones" resolver suas pendências com Stipe Miocic antes de ter uma chance pela coroa defintiva.

Campeão interino: Tom Aspinall

Tom Aspinall comemora a vitória que lhe deu o cinturão interino do peso-pesado no UFC 285. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Tom Aspinall comemora a vitória que lhe deu o cinturão interino do peso-pesado no UFC 285. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


Última luta: vitória por nocaute sobre Sergei Pavlovich (11/11/2023) 

Próxima luta: a definir 

Fora o acidente sofrido contra Curtis Blaydes, quando lesionou o joelho sozinho aos 15 segundos de luta, Tom Aspinall parecia destinado ao cinturão dos pesos-pesados. Possivelmente o atleta mais versátil - além de Jones - na divisão atualmente, ele conquistou o ouro com um nocaute avassalador sobre Pavlovich no Madison Square Garden - sua sétima vitória no Octógono. Aos 30 anos de idade, o terceiro campeão da história do Reino Unido no UFC pode agora aguardar uma definição sobre a situação de Jones e Miocic ou optar por colocar sua coroa interina em jogo contra algum dos nomes listados abaixo.

2) Ciryl Gane

Ciryl Gane em sua apresentação na luta principal do UFC Paris. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC)

Ciryl Gane em sua apresentação na luta principal do UFC Paris. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC)


Última luta: vitória por nocaute técnico sobre Serghei Spivac (2/9/23) 

Próxima luta: a definir 

Ex-campeão interino, Ciryl Gane segue relativamente próximo de um novo title shot. Após ser rapidamente finalizando por Jones em duelo pelo cinturão vago, ele se reabilitou com uma vitória dominante em frente à torcida no UFC Paris, defendendo seu lugar na parte alta do ranking da divisão. Como já sofreu duas derrotas em disputas de cinturão - além de Jones, o outro revés de Gane na carreira foi em desafio ao então campeão Francis Ngannou -, o francês pode ver outros nomes lutando pelo título antes de ter uma nova oportunidade e terá que colocar seu privilegiado 2º lugar na lista em jogo contra atletas em ascensão na divisão.

3) Sergei Pavlovich

Sergei Pavlovich dá entrevista após vencer a luta principal do UFC Vegas 71. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Sergei Pavlovich dá entrevista após vencer a luta principal do UFC Vegas 71. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


Última luta: derrota por nocaute para Tom Aspinall (11/11/2023) 

Próxima luta: a definir

Após somar seis nocautes no 1º round seguidos, a máquina de demolição russa finalmente foi parada no Octógono na disputa pelo título interino dos pesos-pesados contra Tom Aspinall, no UFC 295. Pavlovich tem apenas 31 anos de idade e um poder de nocaute assustador, portanto é esperado que ele se mantenha na briga pelo topo por mais algum tempo. O próprio Aspinall comentou em entrevista coletiva que espera reencontrar o adversário no futuro. Opções para seu retorno não faltam, já que o russo encarou apenas quatro dos atuais 15 melhores pesos-pesados do Ultimate.

4) Stipe Miocic

Stipe Miocic caminha para a luta principal do UFC 260. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Stipe Miocic caminha para a luta principal do UFC 260. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


Última luta: derrota por nocaute para Francis Ngannou (27/3/2021) 

Próxima luta: a definir

Detentor do recorde de defesas de cinturão consecutivas no peso-pesado (3), Miocic deve completar três anos longe do Octógono antes de sua próxima luta. O ex-campeão desafiaria Jon Jones pelo título no UFC 295, mas viu o rival se lesionar nas vésperas do duelo e terá que aguardar um pouco mais antes de seu aguardado retorno. Além do currículo de respeito, com triunfos sobre nomes do mais alto calibre como Francis Ngannou, Daniel Cormier, Júnior Cigano, Alistair Overeem, Fabrício Werdum, entre outros, Miocic tem um aliado a seu favor na corrida pelo título: o fato de o atual campeão desejar enfrentá-lo. Por isso, mesmo com Aspinall segurando o título interino, Stipe pode ser o próximo adversário de Jon Jones pela cinta linear.

5) Curtis Blaydes

Curtis Blaydes caminha para sua luta contra Sergei Pavlovich no UFC Vegas 71. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Curtis Blaydes caminha para sua luta contra Sergei Pavlovich no UFC Vegas 71. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


Última luta: derrota por nocaute para Sergei Pavlovich (22/4/2023) 

Próxima luta: Jailton Almeida (09/3/2024)

Um dos nomes mais consistentes no plantel dos pesados nos últimos cinco anos, Curtis Blaydes fecha o Top 5 da divisão na atualidade. De suas últimas 14 lutas no Octógono, o norte-americano venceu 11. Infelizmente para ele, no entanto, os três adversários que o venceram foram credenciados a disputas de cinturão - Francis Ngannou, Derrick Lewis e Sergei Pavlovich -, enquanto "Razor" ainda espera sua chance pelo ouro. Blaydes enfrentaria Jailton "Malhadinho" Almeida na luta principal do UFC São Paulo, mas teve que se retirar do embate devido a uma lesão. Um novo confronto com o brasileiro foi remarcado para março de 2024, no UFC 299.

Menções Honrosas: Alexander Volkov, Jailton Almeida

Dois outros nomes despontam como os mais quentes fora do Top 5 na atualidade: o veterano Alexander Volkov parece ter resgatado seus melhores dias aos 35 anos de idade, emplacando triunfos consecutivos sobre Jairzinho Rozenstruik, Alexandr Romanov e Tai Tuivasa, todos por nocaute ou finalização; e o já mencionado Jailton "Malhadinho", que fez de Derrick Lewis sua sexta vítima seguida no Octógono, enfrentará Curtis Blaydes no UFC 299.