Pular para o conteúdo principal

UFC 187: o que esperar?

Disputas de cinturão marcam um dos melhores card dos últimos anos


O UFC volta a Las Vegas neste sábado com um dos melhores cards nos últimos anos. Duas disputas de cinturão marcarão a noite de 23 de maio, com Anthony Johnson e Daniel Cormier decidindo o título vago dos meio-pesados, enquanto o invicto Chris Weidman finalmente irá medir forças com o brasileiro Vitor Belfort, pelos médios, em sua terceira defesa de cinturão. Confira três bons motivos para não perder o UFC 197, que começa às 19h30 e terá transmissão AO VIVO e exclusiva do Canal Combate.

Weidman x Belfort
Finalmente, após praticamente dois anos de cancelamentos por diversos fatores, Chris Weidman e Vitor Belfort estão prontos para se enfrentar. Apesar de não lutar desde 2013 e ter que abdicar o uso do TRT, o brasileiro vem de vitórias espetaculares sobre Michael Bisping, Luke Rockhold e Dan Henderson, que o credenciaram até o cinturão. Já o norte-americano tem em seu legado duas grandes vitórias sobre Anderson Silva e outra sobre Lyoto Machida. Além do talento natural de ambos os atletas, as provocações também fizeram parte do universo que envolve a luta, fazendo com que o combate seja um dos mais esperados dos últimos anos.

- Weidman x Belfort: para enterrar o clichê do “Duelo de Gerações”

A coroação de um novo campeão
Inicialmente, Anthony Johnson iria enfrentar Jon Jones pelo cinturão dos meio-pesados, mas o ex-campeão teve problemas com a justiça e seu cinturão foi revogado, deixando o título vago. Com isso, Daniel Cormier foi escalado para ser o novo adversário de Johnson. Enquanto o atleta da Blackzilians vive o seu melhor momento, invicto há nove lutas e vindo de nocautes avassaladores sobre Rogério Minotouro e Alexander Gustafsson, Cormier terá a segunda chance de conquistar o cinturão após perder para Jones por decisão unânime em janeiro deste ano. Com certeza, os atletas darão tudo de si para sair com o cinturão.

- Cormier e Johnson analisam o duelo do UFC 187

Nocauteadores nos pesados
Outra luta que tem tudo para animar os fãs de MMA será entre os pesados Travis Browne e Andrei Arlovski. Com quatro vitórias nas últimas cinco lutas, o havaiano é considerado um dos melhores e mais versáteis strikers da divisão, com sete vitórias por nocaute no primeiro round dentro do UFC. Por outro lado, Arlovski traz a experiência de ser um ex-campeão da categoria e ter vencido seus últimos quatro combates, incluindo um nocaute espetacular sobre Antônio Pezão. Uma apresentação dominante de qualquer um deles pode ser a chave para disputar futuramente o cinturão contra o vencedor de Cain Velasquez e Fabrício Werdum.

- Andrei Arlovski dá boa noite a Vladimir Matyushenko

Veja mais:
- “Não duvido que ele vença com uma novidade”, diz pai de Belfort
- Weidman aproveitando o momento; Belfort acredita
- Chris Weidman brinca com fãs brasileiros: “Vou dividir meu título com eles”