Pular para o conteúdo principal

Dana White: 'Seria fantástico ter Sonnen como meu sucessor'

Mandatário deixou claro que considera o falastrão uma das melhores pedidas

Dana White comanda o UFC com mãos de ferro há mais de dez anos. Neste período, transformou uma marca fadada ao fracasso em império multimilionário, e segue com o plano de expansão mundial de um dos esportes mais extremos do mundo.

Ainda sem cogitar puxar o freio ou diminuir a participação nos negócios da empresa, o mandatário esteve em Berlim no fim de semana para acompanhar o Fight Night - Musasi x Muñoz, onde foi indagado sobre o assunto ‘prováveis sucessores’. A resposta foi objetiva.

“Acho que Chael Sonnen seria fantástico para isso. Mas o problema é que ele exagera demais. Muitas vezes você não entende logo de cara se as atitudes dele são reais ou não”, disse White.

“Chael é um cara passional. Ele conhece e ama este esporte como poucos. Mas isso não seria coisa para agora. Ele está com tantas oportunidades que ficaria difícil aceitar o cargo. Tudo tem seu tempo”, emendou White.

Falastrão e com passado de declarações provocativas de gosto (bem) duvidoso, Sonnen segue adepto do 'marketing sem limites' quando o assunto é promover combates. Após comandar uma das equipes do TUF Brasil 3, ele retorna ao octógono dia 5 de julho, no UFC 175. Ele deve encarar o brasileiro Vitor Belfort no card principal. 

"Sonnen nunca recusa uma luta, ele é maluco. Não importa quem seja. Posso ligar para ele amanhã e dizer que ele enfrentará Cain (Velasquez, campeão dos pesados), que ele vai aceitar. Ele é o melhor, cara”, finalizou White.