Pular para o conteúdo principal

Em recuperação, Demian Maia mira Carlos Condit e cinturão dos meio-médios do UFC

Brasileiro revelou que pretende fazer a sua terceira luta em 2015

Demian Maia pode ainda não saber quando voltará ao octógono, mas já tem tudo muito bem planejado para quando isso acontecer. Em fase final de recuperação de uma infecção na coxa esquerda, o peso-médio tem dois objetivos claros: fazer a sua terceira luta no ano, se possível contra Carlos Condit, e depois partir para uma disputa de cinturão na categoria.
"Eu ainda quero lutar em 2015, sempre espero realizar ao menos três lutas por ano. Eu já fiz duas e me sai bem, então pretendo fazer mais uma. Quero lutar contra alguém que esteja no topo do ranking, no Top cinco ou seis. Quero fazer uma boa luta e partir para a disputa do cinturão, esse é o meu sonho. Acho que o Condit seria uma boa opção, já que ele não vai mais enfrentar o Robbie Lawler (atual campeão) ou o Tarec Saffedine, que também está muito bem ranqueado. Vamos aguardar", declarou ao portal The MMA Fighting.
Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC
Na última vez que subiu ao octógono, Maia deu uma verdadeira aula de jiu-jitsu e finalizou Neil Magny no primeiro round do UFC 190, no Rio de Janeiro. Após a luta, o brasileiro sofreu uma infecção na coxa esquerda, que o tem impedido de praticar a modalidade deste então.
"Eu estou muito bem. Terei uma consulta no médico nos próximos dias e então saberei exatamente qual a minha real situação, mas eu já me sinto muito melhor. Estou liberado para praticar alguns exercícios simples, como corrida, e um treino leve de boxe. Mas ainda não posso realizar coisas mais pesadas, como jiu-jitsu, que arranha bastante. Eu não treino jiu-jitsu desde a minha última luta", finalizou.

Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC
Siga o WhatsAPP UFC e fique por dentro das notícias