Pular para o conteúdo principal

Sem peso da invencibilidade, Viviane Sucuri promete luta interessante em Singapura

Brasileira encara chinesa Xiaonan Yan neste sábado (23)


Leveza. Esse é o sentimento que define os dias de Viviane Pereira antes de sua luta no UFC Singapura neste sábado (23).

A cearense de 24 anos chegou ao UFC com tudo, vencendo Valerie Letourneau e Jamie Moyle, mas conheceu o primeiro revés da carreira em novembro de 2017, quando foi superada por Tatiana Suarez no UFC Norfolk.

Mas se engana quem pensa que a jovem peso-palha encara isso com amargura.

"A gente não queria o revés, mas aconteceu. Deu um pouco de aliviada sobre a pressão de estar sempre invicta, estar buscando algo a mais. Mas a gente sabe que quanto mais degraus, maior a responsabilidade. Agora eu vou para essa luta mais leve", disse em conversa com a reportagem do UFC Brasil.

Mais UFC Singapura: As promessas do evento | Cinco motivos para não perder | Top 10: Cowboy Cerrone | Confira o card completo

A oponente da vez é a chinesa Xiaonan Yan, que fez a sua estreia no UFC em novembro, no UFC Xangai com uma vitória por pontos sobre Kailin Curran. Sobre a expectativa para o combate, a brasileira garante que vai chamar a atenção dos fãs.

"A gente sabe que ela é muito técnica, vem do karatê, então pontua bastante. Vai ser uma luta interessante. Ambas gostam da trocação, né? Mas acho que meu chão pode surpreender".

O UFC Singapura será liderado pela batalha entre Donald Cerrone e Leon Edwards. O Canal Combate transmitirá o evento ao vivo e na íntegra a partir das 5h30 (horário de Brasília). Assine e não perca!

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube