Pular para o conteúdo principal

#4 Peso-galo feminino Categoria

#14 PFP

Ativo

Kayla Harrison

Peso-galo feminino Categoria

17-1-0 (W-L-D)

6

Vitórias por nocaute

7

Vitórias por finalização

9

Vitórias no 1º round

Kayla Harrison

Histórico do atleta

Informações

Saiba mais sobre a história de Kayla Harrison no UFC, marcas no Octógono e curiosidades.

            Status
            Ativo
            Cidade natal
            Middletown, Estados Unidos
            Estilo de luta
            Judo
            Idade
            33
            Altura
            68.00
            Peso
            136.00
            Estreia no UFC
            13.04.24
            Envergadura
            66.00
            Alcance das pernas
            37.00
            • Profissional desde 2018
               
            • Seis vitórias por nocaute, seis por finalização (quatro chaves de braço, um triângulo de mão, uma kimura)
               
            • Nove vitórias no 1° round
               
            • Possui vitórias sobre as ex-UFC Aspen Ladd, Kaitlin Young, Cindy Dandois e Larissa Pacheco
               
            • A pessoa mais jovem na história dos Estados Unidos a conquistar o ranking de rokudan (faixa-preta em sexto grau)

            Quando e por que você começou a treinar para lutar? Depois de minha segunda Olimpíada, em 2016, fiquei no fundo do poço. Tive depressão pós-olímpica e realmente não sabia o que fazer em minha vida. Eu havia ganhado duas medalhas de ouro e era uma judoca condecorada, mas me sentia perdida. Eu tinha visto alguns dos meus colegas de equipe tentarem o MMA e pensei em tentar, então me inscrevi em uma aula de striking. Cerca de um mês depois de ter começado a praticar, fui para minha primeira sessão de sparring. Desde a primeira vez que levei um soco no rosto, pensei: "Uau, isso é diferente e emocionante". Eu sabia que poderia ser uma força no esporte se mantivesse a mentalidade de iniciante e me concentrasse no treinamento de MMA como fazia no judô. Pouco tempo depois, mudei-me para o sul da Flórida para treinar com os melhores, e o resto é história.

            Quais graduações e títulos você já conquistou? Medalhista de ouro olímpico em 2012 e 2016 no judô pela equipe dos EUA. Duas vezes vencedora da PFL em 2019 e 2021. Campeã mundial de judô em 2010. Classificada como número um no mundo do judô por mais de 4 anos.

            O que significa para você lutar no UFC? Eu sempre digo que o UFC é a Olimpíada do MMA. É o maior palco e com a maior credibilidade do mundo. Estou empolgada para estar entre e enfrentar outros grandes talentos e mostrar ao mundo quem é Kayla Harrison e do que ela é capaz. Quando comecei a treinar MMA anos atrás, meu objetivo sempre foi ser campeã do UFC. Ganhei duas medalhas de ouro olímpicas e sou duas vezes campeã mundial da PFL. Agora, estou buscando o ouro no UFC. Estou pronta para o novo desafio e ansiosa para ver como esse caminho, que certamente será repleto de reviravoltas inesperadas, se desenrolará. Agradeço profundamente todo o amor e apoio que recebi até agora dos líderes e lutadores do UFC. É incrível lançar este novo capítulo de minha vida e carreira com o incentivo de todos.

            Você tem algum herói? Eu realmente admiro qualquer pessoa que tenha passado por contratempos e decepções impensáveis, mas que tenha optado por ser grande e se superar de qualquer maneira. Pessoas que personificam o propósito e a resiliência.

            Qual era o seu trabalho antes de começar a lutar? Eu treinava judô desde os seis anos de idade. Aos 16 anos, mudei-me para Boston para entrar no Pedro's Judo Center e trabalhei em coisas estranhas. Eu fazia de tudo, desde paisagista, passeadora de cães, assistente. Trabalhei em uma loja de ferragens por anos antes de finalmente me tornar instrutora no Pedro's Judo Center. Após as Olimpíadas, escrevi um livro chamado Fighting Back e comecei a treinar MMA logo depois.

            Graduações em qualquer estilo de arte marcial: Faixa-preta em sexto grau em judô.