Pular para o conteúdo principal
Resultados

Marina Rodriguez tem grande apresentação e vence Michelle Waterson no UFC Vegas 26

Brasileira mostrou mais uma vez seu muay thai afiado para sair vitoriosa na luta principal do evento

Marina Rodriguez não decepcionou em sua primeira luta de cinco rounds no Octógono. A brasileira teve uma grande apresentação contra Michelle Waterson e venceu a rival por decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46, 49-46) na luta principal do UFC Vegas 26, no último sábado (8).

Social Post

Mais UFC Vegas 26:  Pezão domina Greene | Personalidades comentam a vitória de Marina | Todos os resultados | Bônus da noite | Pontuações dos juízes | Recordes do evento

"Foi uma performance muito boa. Eu sabia que tudo seria diferente, então tive que preparar minha cabeça e vir com uma mentalidade diferente da usual. Estou muito feliz com minha performance. Eu queria ter conseguido o nocaute, foi para isso que vim. Mas ainda foi uma grande vitória sobre uma grande oponente", disse Marina após a vitória.

As duas lutadoras começaram se estudando, com Marina utilizando melhor a envergadura. Waterson mantinha a distância com chutes. As duas mostravam muita técnica na trocação, com a brasileira dando os golpes mais fortes e a norte-americana circulando mais no Octógono. As duas atletas foram para a troca franca de golpes no segundos finais do 1º round, com Marina se saindo melhor.

Marina continuou melhor no decorrer da luta, com mais precisão e volume. A brasileira aproveitava a diferença de força e envergadura para acertar golpes e manter o domínio quando a luta ia pro clinch. Apesar do pouco tempo de preparação, Marina mostrava que o gás estava em dia, dominando o 2º e o 3º round.

Michelle conseguiu uma queda no início do quarto round e passou a trabalhar as posições para chegar na montada. A norte-americana trabalhou bem no solo e conseguiu bons momentos no ground and pound. No quinto e último, a norte-americana continuou melhor e passou a minar a resistência da brasileira com chutes no corpo. Marina, no entanto, voltou a atacar no minuto final do duelo com boas sequências, acuando a rival na grade.

No fim, prevaleceu a maior força e volume de golpes de Marina, que venceu na decisão unânime dos juízes, que agora acumula quatro triunfos no Octógono.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube