Pular para o conteúdo principal

#4 Peso-palha feminino Categoria

#11 PFP

Ativo

"Bate Estaca"

Jéssica Andrade

Peso-palha feminino Categoria

26-12-0 (W-L-D)

10

Vitórias por nocaute

8

Vitórias por finalização

11

Vitórias no 1º round

Jéssica Andrade

Histórico do atleta

Informações

Saiba mais sobre a história de Jéssica Andrade no UFC, marcas no Octógono e curiosidades.

            Status
            Ativo
            Cidade natal
            Umuarama, Brasil
            Equipe
            PRVT Para Vale Tudo
            Estilo de luta
            Muay Thai
            Idade
            32
            Altura
            61.50
            Peso
            116.00
            Estreia no UFC
            27.07.13
            Envergadura
            62.00
            Alcance das pernas
            35.00
            • Seu apelido é "Bate-Estaca)
               
            • Origem do apelido: "Recebi o apelido depois que fiz um bate-estaca em uma competição de jiu-jitsu quando comecei. A manobra é ilegal no jiu-jítsu, então fui desclassificada por isso. Era meu primeiro torneio e fui pega em uma situação ruim e, sem saber o que fazer, minha reação imediata foi pegar a garota e jogá-la no chão... mas esse é um movimento ilegal e me tirou da competição. É claro que todos os meus colegas de equipe e amigos acharam engraçado eu ter feito isso e ter sido eliminada, então todos começaram a me chamar de "Bate-Estaca". E você sabe como é... se você não gosta de ser chamado de alguma coisa, é isso que vai pegar."
               
            • Profissional desde 2011
               
            • Oito vitórias por finalização (seis guilhotinas, um mata-leão, um triângulo de mão em pé), 10 por nocaute - apenas sete de suas vitórias não foram pela via rápida
               
            • Vencedora de nove de suas últimas 15 lutas e quatro das últimas sete
               
            • 11 vitórias no 1º round
               
            • Cinco lutas no peso-mosca no UFC (3-2)
               
            • Cartel de 9-5 no peso-palha

            UFC 295 (11/11/23) Andrade venceu Mackenzie Dern por nocaute técnico aos 3m15s do 2º round

            UFC Nashville (5/8/23) Andrade perdeu para Tatiana Suarez por finalização (guilhotina) a 1m31s do 2º round.

            UFC 288 (6/5/23) Andrade perdeu para Xiaonan Yan por nocaute aos 2m20s do 1º round.

            UFC Vegas 69 (18/2/23) Andrade perdeu para Erin Blanchfield por finalização (mata-leão) a 1m37s do 2º round. 

            UFC 283 (21/1/23) Andrade venceu Lauren Murphy por decisão unânime.

            UFC Vegas 52 (23/4/22) Andrade venceu Amanda Lemos por finalização (triângulo de mão em pé) aos 3m13s do 1º round.

            UFC 266 (25/9/21) Andrade venceu Cynthia Calvillo por nocaute técnico aos 4m54s do 1º round.

            UFC 261 (24/4/21) Andrade perdeu para Valentina Shevchenko por nocaute técnico aos 3m19s do 2º round em uma luta válida pelo cinturão peso-mosca do UFC.

            UFC Fight Island 6 (18/10/20) Andrade venceu Katlyn Chookagian por nocaute técnico aos 4m55s do 1º round.

            UFC 251 (12/7/20) Andrade perdeu para Rose Namajunas por decisão dividida.

            UFC Shenzen (31/8/19) Andrade perdeu para Zhang Weili por nocaute técnico aos 42s do 1º round e perdeu o cinturão peso-palha do UFC.

            UFC 237 (11/5/19) Andrade venceu Rose Namajunas por nocaute aos 2m58s do 2º round e conquistou o cinturão peso-palha do UFC.

            UFC 228 (8/9/18) Andrade venceu Karolina Kowalkiewicz por nocaute a 1m58s do 1º round.

            UFC Orlando (24/2/18) Andrade venceu Tecia Torres por decisão unânime.

            UFC Japão (23/9/17) Andrade venceu Claudia Gadelha por decisão unânime.

            UFC 211 (13/5/17) Andrade perdeu para Joanna Jedrzejczyk por decisão unânime em uma luta válida pelo cinturão peso-palha do UFC.

            UFC Houston (4/2/17) Andrade venceu Angela Hill por decisão unânime.

            UFC 203 (10/9/16) Andrade venceu Joanne Wood por finalização (guilhotina) aos 4m38s do 1º round.

            UFC 199 (4/6/16) Andrade venceu Jessica Penne por nocaute técnico aos 2m56s do 2º round.

            UFC 191 (5/9/15) Andrade perdeu para Raquel Pennington por finalização (mata-leão) aos 4m58s do 2º round.

            UFC San Diego (15/7/15) Andrade venceu Sarah Moras por decisão unânime.

            UFC Porto Alegre (22/2/15) Andrade perdeu para Marion Reneau por finalização (triângulo) a 1m54s do 1º round.

            UFC Brasília (13/9/14) Andrade venceu Larissa Pacheco por finalização (guilhotina) aos 4m33s do 1º round.

            UFC 171 (15/3/14) Andrade venceu Raquel Pennington por decisão dividida.

            UFC Manchester (26/10/13) Andrade venceu Rosi Sexton por decisão unânime.

            UFC Seattle (27/7/13) Andrade perdeu para Liz Carmouche por nocaute técnico aos 3m57s do 2º round.

            TREINAMENTO: Acordo todos os dias e faço exercícios aeróbicos das 9h às 10h. Depois almoço, descanso um pouco e volto para a academia. Das 15h às 17h30, tenho uma sessão de treinamento e, depois, outra das 18h às 19h. Trabalhamos em coisas diferentes todos os dias, e todas as meninas da nossa academia estão lá comigo e damos o nosso melhor ajudando umas às outras em alguns momentos e depois batendo umas nas outras como se fosse dia de luta para estarmos preparadas para qualquer situação.

            Quando e por que você começou a treinar para lutar? Eu praticava judô na escola e, quando estava terminando o ensino médio, fui convidada a começar a treinar jiu-jítsu. Oito meses depois da minha primeira aula de jiu-jítsu, fiz minha primeira luta profissional, adorei e tive que continuar. Isso foi em 2011.

            Que graduações e títulos você já conquistou? Sou faixa-preta em jiu-jitsu e azul claro em muay thai.

            Você tem algum herói? Minha família e meu mestre são meus heróis.

            O que significa para você lutar no UFC? É um sonho que se tornou realidade. Não há como negar que lutar no UFC é um objetivo que todo lutador de MMA deve se esforçar para alcançar.

            Qual era o seu trabalho antes de começar a lutar? Eu trabalhava em alguns empregos aqui e ali. Por cinco anos trabalhei em um "Pesque e Pague" (um lugar com lagos onde as pessoas podem pescar e pagar pelos peixes que pescam), trabalhei em uma farmácia por alguns meses e também trabalhei como motorista de caminhão em uma fazenda.

            Realizações específicas em competições amadoras? Nada de mais, mas tenho alguns troféus de futebol de salão.

            Técnica de grappling favorita: Mata-leão.

            Técnica de striking favorita: Overhand.