Pular para o conteúdo principal

Browne se defende de "acidente" com Mitrione: "Não sou um lutador sujo"

Lutador foi criticado por dedadas no olho do adversário no UFC Boston


Após ser derrotado por Andrei Arlovski na única luta que realizou em 2015, Travis Browne começou 2016 com o pé direito e venceu Matt Mitrione por nocaute técnico no terceiro assalto em duelo realizado no UFC Boston, no último domingo (17).
Entretanto, o triunfo não veio sem dor de cabeça para Browne. O havaiano acertou, em duas ocasiões, dedadas no olho do adversário, antes de terminar o combate com uma queda, que lesionou o ombro de Mitrione, e uma chuva de golpes no ground and pound, que causaram uma fratura acima de seu olho direito. Em entrevista coletiva após o combate, Browne se defendeu das críticas.
“No octógono, eu me desculpei com Matt. Eu não sou um lutador sujo. Disse a ele durante a luta que não queria ter feito aquilo, que foi um acidente. Estávamos lutando, e quando ele vinha para cima de mim, eu tentava afastá-lo para me defender, mas jamais tive a intenção de acertar seu olho com meus dedos”, garantiu.
Mais UFC Boston: Pettis quer voltar a ação em breveEddie Alvarez pede title-shot | Urijah Faber quer trilogia com Dominick Cruz | Dominick contente por reconquistar cinturão | Dominick faz luta sensacional e recupera cinturão | Brasileiros vencem no UFC Boston
Após emplacar três vitórias consecutivas por nocaute em 2014, este foi o segundo revés consecutivo de Mitrione, que havia perdido para Ben Rothwell no último mês de junho.
Assine o Canal Combate e não perca nenhuma edição do UFC